Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Infraestrutura ou infra-estrutura – tem hífen?

Afinal de contas, o correto é infraestrutura ou infra-estrutura? Tem ou não tem hífen? Neste artigo, acabamos com essa dúvida. Vamos lá!

Reforma ortográfica

Segundo o Acordo Ortográfico, que passou a vigorar definitivamente em janeiro de 2016, quando utilizamos o prefixo infra- com palavras começadas com R, S, H ou vogal, devemos usar o hífen. Vejamos:

  • Infra + estrutura;
  • (E)strutua > primeira letra é uma vogal;

Logo o correto é:

INFRA-ESTRUTURA.

Fizemos um artigo especial com as principais mudanças que a Reforma Ortográfica trouxe sobre o uso do hífen. Vale muito a pena conferir!

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

 

Compartilhe este texto:

O que é um plateau de aprendizagem?

É possível estudar e não aprender?

Há uma grande frustração que ocorre quando estudamos língua portuguesa. Chega um momento que, independente da quantidade de horas que dediquemos, parece que não estamos mais avançando.

Isso é o que os psicólogos da educação chamam de plateau de aprendizagem. É como se estivéssemos subindo uma montanha e nos deparássemos com um imenso planalto. Isso pode parecer algo ruim, mas é, na verdade, algo excelente!

Habilidades complexas

O plateau só aparece, quando estamos construindo habilidades complexas, como é o caso do domínio do português. A boa notícia é que o que parece um período de estagnação é, de fato, um momento de conexão de vários conhecimentos dispersos que fomos adquirindo no caminho, que irá possibilitar um novo salto de compreensão.

Esse ponto é fundamental para te levar ao nível mais avançado, quando algo que – inicialmente – parecia muito complexo se torna um hábito.

Aprender a dirigir

É como aprender a dirigir. No início, temos um processo de conhecimento fragmentado e precisamos refletir sobre cada passo individualmente – ligar o carro, soltar o freio de mão, pisar na embreagem, mudar a marcha e assim por diante.

Porém, após um tempo de prática, tudo isso passa a compor uma única habilidade e passamos a fazer tudo naturalmente. É exatamente o que ocorre no estudo da língua portuguesa – o que no início parece um conjunto de regras sem sentido, mais para frente, vai se mostrar um conjunto harmônico e uma ferramente preciosa para o seu desenvolvimento.

Como diz Mortimer Adler, “sabendo-se que os plateaux no aprendizado são períodos de progresso oculto, evita-se o desânimo”. Siga em frente!

Entenda melhor os prejuízos que os erros de português podem trazer para sua carreira:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

Compartilhe este texto:

Pé de moleque x Pé-de-moleque – tem hífen?

Depois do acordo ortográfico, a grafia passou a ser pé de moleque, sem hífen. A regra também vale para pé de vento, pé de cabra, dia a dia, olho de sogra, camisa de força, fim de semana, cara de pau, mão de obra e outros compostos que apresentam elementos de ligação. ⚠ATENÇÃO! São exceções: cor-de-rosa, água-de-colônia, pé-de-meia, gota-d'água; e espécies botânicas como bico-de-papagaio, pimenta-do-reino, etc. #DescriçãoDaImagem A imagem mostra dois pés de moleque. #TextoDaImagem Pé de moleque ou pé-de-moleque? #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #boanoite #festajunina #pédemoleque #doce #comida

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

O forma correta é pé de moleque ou pé-de-moleque? Para responder a essa pergunta, precisamos recorrer às mudanças trazidas pela reforma ortográfica. Vamos lá!

PAUSA: Temos aqui vários artigos sobre o Acordo Ortográfico. Recomendamos a leitura para aprofundar seu estudo.

Reforma ortográfica

Depois do acordo ortográfico, a grafia passou a ser pé de moleque, sem hífen. A regra também vale para pé de vento, pé de cabra, dia a dia, olho de sogra, camisa de força, fim de semana, cara de pau, mão de obra e outros compostos que apresentam elementos de ligação.

ATENÇÃO! São exceções: cor-de-rosa, água-de-colônia, pé-de-meia, gota-d’água; e espécies botânicas como bico-de-papagaio, pimenta-do-reino, etc.

Assista também ao vídeo sobre se o correto é: mais que ou mais do que:

Compartilhe este texto:

Apesar dela ou apesar de ela – qual a forma correta?

Quando falamos, tendemos a juntar a preposição "de" com os pronomes "ela" ou "ele". Entretanto, segundo as regras gramaticais, o termo que funciona como sujeito nunca deve ser preposicionado. Ex: Apesar de ela não ter estudado, foi bem na prova. 🔸Observe que o pronome "ela" funciona como sujeito do verbo "ter", por isso não pode ser fundido com a preposição.🔸 Vejamos outros exemplos: Ex1: Já passou da hora de ela se formar. Ex2: Júlia chegou antes de ele sair. ⚠ATENÇÃO! Esses casos nada tem a ver com a fusão da preposição "de" com os artigos "o(s)" e "a(s)". Ex: O cabelo dela é muito bonito. 🔸Aqui o pronome possessivo "dela" tem função de adjunto adnominal.🔸 #DescriçãoDaImagem A imagem mostra uma mulher sorrindo. Ela veste um blazer roxo e usa um arco de flores na cabeça. #português #gramática #educação #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

A forma correta é apesar dela ou apesar de ela? Neste artigo vamos tirar essa dúvida e explicar qual a forma correta. Vamos lá!

Sujeito

Quando falamos, tendemos a juntar a preposição “de” com os pronomes “ela” ou “ele”. Entretanto, segundo as regras gramaticais, o termo que funciona como sujeito nunca deve ser preposicionado.

Ex: Apesar de ela não ter estudado, foi bem na prova.

Observe que o pronome “ela” funciona como sujeito do verbo “ter”, por isso não pode ser fundido com a preposição.

Vejamos outros exemplos:

Ex1: Já passou da hora de ela se formar.

Ex2: Júlia chegou antes de ele sair.

Preposição

ATENÇÃO! Esses casos nada tem a ver com a fusão da preposição “de” com os artigos “o(s)” e “a(s)”.

Ex: O cabelo dela é muito bonito.

Aqui o pronome possessivo “dela” tem função de adjunto adnominal.

Assista ao vídeo sobre a diferença entre orações restritivas e explicativas:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

Compartilhe este texto:

Substantivos epicenos, sobrecomuns e comuns de dois – o que é isso?

Entenda as diferentes classificações de substantivos segundo a regra de flexão de gênero

Entenda as classificações dos substantivos

Substantivos possuem diferentes regras de flexão de gênero. Nesse sentido, essa classe gramatical pode ser classificada como epiceno, sobrecomum e comum de dois. Neste artigo, vamos explicar esses conceitos. Vamos lá!

Epiceno

O substantivo epiceno refere-se a animais e possui apenas um gênero. A distinção dá-se pelo designação de macho ou fêmea.

ex¹: Jacaré macho x Jacaré fêmea;

ex²: Cobra macho x Cobra fêmea;

ex³: Onça macho x Onça fêmea.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Chef ou chefe de cozinha – qual a forma correta?

É comum vermos a palavra escrita das duas formas: chef e chefe. Neste artigo, vamos explicar porque o vocábulo possui duas grafias distintas. Vamos lá!

Aportuguesada

Gramáticos mais conservadores defendem o uso de “chefe de cozinha”, porque o termo “chef” já foi aportuguesado e não haveria necessidade de uso do galicismo.

No entanto, a forma “chef de cozinha” acabou sendo dicionarizada por seu uso frequente e também é aceita.

Comum de dois

Chef ou chefe de cozinha é um substantivo comum de dois, ou seja, apresentam só uma forma de gênero.

ex¹: O chef de cozinha era muito famoso.

ex²: A chef de cozinha muito famosa.

Assista também o vídeo sobre a diferença entre as orações restritivas e explicativas:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

Compartilhe este texto:

Legendas: entenda os 3 tipos diferentes

Conheça as três formas distintas de legendar um conteúdo audiovisual

Legendas são instrumento de acessibilidade

Legendas são instrumentos importantes quando falamos de conteúdo acessível. Esses recursos textuais são fundamentais para pessoas que não podem escutar. Neste artigo, vamos explicar os três diferentes tipos de legendas.

1) Close caption

Esse tipo de legenda precisa ser ativado para começar a aparecer no vídeo. No Youtube, por exemplo, ela pode ser acionada ao clicar no ícone com as letras CC.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Chapéus ou chapéis – qual o plural correto?

O correto é chapéus ou chapéis?

A confusão acontece porque palavras terminadas em "eu" e "el" têm a mesma pronúncia. No entanto, possuem regras diferentes para a formação do plural. Nos vocábulos terminados em "el", substituímos o "l" por "éis". Ex: Papel/papÉIS 📃, cruel/cruÉIS 😠, anel/anÉIS 💍, carrossel/carrossÉIS 🎠, pincel/pincÉIS 🖌. Já o plural das palavras que terminam com ditongo "eu" se faz apenas acrescentando o "s". Ex: Chapéu/chapéuS 👒, céu/céuS ⛅, véu/véuS 👰, seu/seuS 👈, troféu/troféuS 🏆. #DescriçãoDaImagem A imagem mostra um homem de roupa cinza e chapéu preto. #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #quinta #boanoite #plural

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

A confusão acontece porque palavras terminadas em “eu” e “el” têm a mesma pronúncia. No entanto, possuem regras diferentes para a formação do plural. Neste artigo, vamos explicar como funciona cada caso.

Palavras terminadas em EL

Nos vocábulos terminados em “el”, substituímos o “l” por “éis”.
Ex: Papel/papÉIS , cruel/cruÉIS , anel/anÉIS , carrossel/carrossÉIS , pincel/pincÉIS .

Continue reading

Compartilhe este texto:

Mea-culpa x Meia-culpa – qual a forma correta?

Já tratamos aqui de algumas expressões em Latim que foram incorporadas à língua portuguesa. Neste artigo, vamos tratar de um caso especial: mea-culpa. Ou seria meia-culpa? Vejamos!

Continue reading

Compartilhe este texto:

‘Entre eu e você’ ou ‘entre mim e você’?

Já falamos aqui sobre a diferença entre pronomes pessoais do caso reto e do caso oblíquo. Neste artigo, vamos explicar qual dos dois deve ser utilizado depois das preposições. Vamos lá!

Preposição

Via de regra, após as preposições, devemos utilizar os pronomes oblíquos.

ex¹: Entre mim e você, não devem haver segredos. [CERTO]

ex²: Entre mim e ti, não devem haver segredos. [CERTO]

ex³: Entre eu e você, não devem haver segredos. [ERRADO]

Sujeito

Usamos o pronome pessoal do caso reto após as preposições, quando ele tiver o papel de sujeito.

ex¹: Ele passou um trabalho para eu fazer. [CERTO]

ex²: Ele passou um trabalho para mim fazer. [ERRADO]

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– http://clubedoportugues.com.br/clube/

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Compartilhe este texto:
« Older posts