Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Month: novembro 2016 (page 1 of 2)

Quando utilizar vírgula antes de “mas”?

O usa da vírgula normalmente causa dúvidas. Um dos casos em que sempre se usa esse sinal é antes das conjunções adversativas, como mas, porém, contudo, todavia.

ex: Ele veio, mas não ficou para a festa.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Guia completo de quando utilizar a VÍRGULA

Usa-se a vírgula nos seguintes casos:

Intercalações

Usa-se  vírgula para marcar a intercalação:
a) Do adjunto adverbial – ex: Saiu, naquela manhã, para assumir o novo posto.
b) Da conjunção – ex: Sabia, todavia, que não poderia mais retornar.
c) Dos termos explicativos ou corretivos – ex:  Ele era um homem dedicado, isto é, não faltava nunca.

PAUSA: Antes de terminar a leitura, vale a pena você dar uma olhada no outro artigo que fizemos sobre os 5 objetivos de um texto. Leia e volte aqui. Você terá um entendimento muito mais contextualizado.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Sentido estrito ou stricto?

Alguns termos são incorporados do latim ao português com a grafia mais antiga. É o caso do vocábulo que dá título a este texto.

Dessa forma, é correto escrever a expressão “sentido stricto”, que é a mesma coisa que sentido restrito.

ex: Toda lei pode ser analisada em sentido stricto ou amplo.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Ceita x Seita

Cruz e Sombra

Parônimos são palavras que possuem grafia e sons parecidos, mas significados distintos. É o caso dos vocábulos seita e ceita.

CEITA

Segundo o dicionário Priberam, ceita significava o montante que indivíduos tinham que pagar para não precisar servir na praça de Ceuta.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Antes de hora, usa-se crase?

Uma dúvida recorrente é se devemos ou não utilizar a crase antes de hora.

Só se usa crase antes de hora, se você estiver falando de hora exata.

ex: Cheguei em São Paulo exatamente às três horas da manhã.

Continue reading

Compartilhe este texto:

A camisa é listada ou listrada?

Camisa listrada ou listada?

Existe no português um fenômeno que se chama formas gráficas variantes, que são grafias diferentes para um mesmo termo. É o caso da dupla de palavras listada e listrada. As duas formas estão corretas, já que lista e listra são vocábulos sinônimos.

Forma mais comum

Atualmente, a forma mais utilizada é listrada ou listrado.

ex: Ele tem uma camisa listrada.

Porém, listada também é aceita.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Fruto x Fruta

Furtas vermelhas

O professor Sérgio Rodrigues ensina um método super rápido de descobrir se o correto é utilizar fruto ou fruta.

Fruta é o fruto comestível.

Assim, toda fruta é um fruto, mas nem todo fruto é uma fruta. Por exemplo, a mamona é fruto da mamoneira. Afinal, ninguém em sã consciência come mamona. Já abacate é a fruta do abacateiro, pois é comestível.

Fácil, né?

Veja mais (vídeo):

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
http://eepurl.com/b5exUr

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues 

Conheça os benefícios de uma boa revisão de texto –http://clubedoportugues.com.br/revisao-de-texto/

Veja mais no nosso canal do Youtubehttps://goo.gl/VhBR7o

 

 

 

Compartilhe este texto:

Costumar x Acostumar

Apesar de serem muito parecidas e serem usadas (erroneamente) como sinônimas, as palavras costumar e acostumar possuem significados distintos. Pode-se dizer que elas descrevem partes de um mesmo processo, que é adquirir e conviver com um hábito. Vejamos!

Acostumar

Significa adquirir um hábito.

ex¹: Com o tempo, acostumei-me a caminhar todos os dias.

Perceba que aqui falamos de um processo que foi se consolidando no decorrer do tempo.

ex²: Não me acostumo a esse clima frio.

Observe que a frase fala sobre a recusa de desenvolver um hábito ou gosto.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Paguei o lojista ou paguei ao lojista?

Qual a transitividade correta do verbo pagar?

O verbo “pagar” é transitivo direto e indireto.  Ou seja,  ele possui sempre dois complementos (explicitados ou não). Um deles virá acompanhado de preposição (objeto indireto) e outro sem (objeto direto).

O verbo “pagar” possui uma peculiaridade: o objeto indireto será sempre representado pela pessoa (física ou jurídica) e o direto pelo coisa.

Então o correto é: “Paguei ao lojista”.

Veja outro exemplo:

Continue reading

Compartilhe este texto:

Crianças surdas aprendem português com jogo gratuito

Descrição da imagem: A imagem mostra uma tela do jogo Wyz, na qual aparecem o personagem e uma mulher fazendo tradução para LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais.

Uma iniciativa da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) em parceria com a Apple reuniu inovação, tecnologia, acessibilidade e gameficação para criar o Wyz, jogo que auxilia na aprendizagem da língua portuguesa para crianças surdas.  A ferramenta, que é gratuita, foi lançada em março de 2016.

A equipe de desenvolvedores trabalhou em parceria com a professora Sueli Fernandes, doutora em Letras e especializada em educação para surdos. “Tudo o que tem imagem, foto, desenho e ilustração auxilia a criança a interpretar a letra. Nesse sentido, os jogos são muito legais porque são visuais e apresentam uma narrativa para a criança”, explica.

Continue reading

Compartilhe este texto:
Older posts