Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Month: abril 2017 (page 1 of 2)

Traz x Trás – quando utilizar cada um?

traz ou trás

Quando utilizar cada um?

Trás e traz não são palavras sinônimas. Elas possuem significados e funções bem distintos. Neste artigo, vamos mostra a definição de cada vocábulo e explicar quando utilizá-los. Vamos lá!

DICA: Vale muito a pena baixa nosso e-book ‘Guia definitivo para palavras parecidas’ com 82 pares de vocábulos com grafias parecidas, mas significados distintos. 

Traz

Trata-se da segunda pessoa do presente do verbo trazer. Veja:

Eu trago;

Tu trazes; 

Ele traz;

Nós trazemos;

Vós trazeis;

Eles trazem.

ex: Dinheiro não traz felicidade.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Vírgula antes de ‘porque’ – quando utilizar?

Para acabar com essa dúvida, precisamos entender qual a ideia que o termo expressa

porque, por que, por quê ou porquê?

Quando usar a vírgula?

É correto utilizar vírgula antes de porque? Neste artigo, vamos responder essa dúvida e também explicar quando e como utilizar o sinal de pontuação. Vamos lá!

PAUSA: Antes de continuar a leitura, vale a pena conferir o nosso guia completo da vírgula. Leia e volte aqui para terminar este texto. Você terá um entendimento muito mais completo.

Explicativo

Sempre que porque for explicativo, ele será precedido de vírgula.

ex¹: O Instituto Alma Rugby ensina o esporte às crianças, porque acredita nos valores da bola oval.

ex²: A Make-A-Wish reúne pessoas para realizar os sonhos de crianças, porque quer estimular a esperança e a alegria.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Tapar x Tampar – qual a diferença?

Entenda a diferença entre os verbos tampar e tapar

Os dois vocábulos estão corretos. Contudo, "tampar" é mais específico, pois significa tapar algo com uma tampa. Já "tapar" pode ser utilizado em outras situações. Além de cobrir com uma tampa, o verbo significa fechar; cobrir; entupir; vedar; obstruir; esconder; rolhar; resguardar. Vejamos alguns exemplos: Ex1: Ela tapou os olhos para não ver a cena do filme. 🙈 Ex2: O pedreiro tapou o furo na parede. 🔨 Ex3: A cozinheira tampou a panela para cozinhar os legumes . 🍲 Ex4: Ele tampará a garrafa para preservar o vinho. 🍷 #DescriçãoDaImagem A imagem mostra uma panela laranja tampada. #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #quinta #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

O correto é tapar ou tampar? As duas palavras estão corretas, mas possuem significados um pouco diferentes e são utilizadas em contextos distintos. Neste artigo, vamos explicar melhor. Vejamos!

Com tampa ou sem tampa

Tampar é mais específico, pois significa tapar algo com uma tampa.

Ex¹: A cozinheira tampou a panela para cozinhar os legumes .

Ex²: Ele tampará a garrafa para preservar o vinho.

Continue reading

Compartilhe este texto:

4 princípios para tornar seu conteúdo totalmente acessível

Existem quatro princípios básicos que você deve seguir para tornar seu conteúdo acessível para qualquer pessoa, principalmente as mais velhas e aquelas que têm algum tipo de deficiência. Para que todos possam consumir seu conteúdo sem entraves, ele deve ser: perceptível, operável, compreensível e robusto. Neste artigo, vamos explicar cada um desses pilares, tendo como base os documentos da W3C – World Wide Web Consortium. Vamos lá!

PAUSA: Antes de continuar sua leitura, vale a pena conferir o artigo que fizemos sobre a diferença entre o modelo médico e o modelo social de tratar as pessoas com deficiência. Leia e volte aqui para terminar este texto. Sua compreensão vai ser muito mais completa!

1) Perceptível

Um conteúdo perceptível é aquele que pode ser percebido pelo usuário. Ou seja, que pode ser consumido de fato. Por exemplo, um vídeo sem legendas não é totalmente perceptível para pessoas surdas. Da mesma maneira, uma imagem que não contenha uma descrição, não é acessível para pessoas cegas.

2) Operável

Um conteúdo operável é aquele que pode ser acessado por diferentes meios e que permite que o usuário controle o tempo de consumo das informações. Por exemplo, sites que utilizam ferramentas que recarregam ou fecham as páginas depois de certo tempo, reduzem a acessibilidade de seu conteúdo.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Impulsão x Impulsividade – as palavras são sinônimas?

Muitas vezes confundido com impulsividade, impulsão é o ato ou efeito de impulsionar; impulso.🎱 Ex: Os jurados ficaram impressionados com a impulsão do atleta.🏃 Impulsividade, por outro lado, é o estado ou qualidade de quem é impulsivo; pessoa que tem tendência a agir com impulso, inconscientemente. 😯 Ex: Ela faz terapia para controlar a impulsividade. 🙆 #DescriçãoDaImagem A imagem mostra o personagem Caco, do "Muppet Babies", jogando sinuca. ✳OUTRAS DICAS EM: www.clubedoportugues.com.br #português #gramática #substantivo #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #impulsão #impulsividade #quinta #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

Apesar de terem grafias semelhantes, impulsão e impulsividade têm significados bem diferentes. Neste artigo, vamos detalhar o significado e explicar quando utiliza cada uma. Vamos lá!

Impulsão

Muitas vezes confundido com impulsividade, impulsão é o ato ou efeito de impulsionar; impulso.

Ex: No Instituto Joaquim Cruz, crianças com boa impulsão aprendem o salto em altura.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Berinjela x Beringela – qual a forma correta de escrever?

O forma correta é berinjela ou beringela? Neste artigo, vamos acabar com essa dúvida e explicar quando utilizar o vocábulo. Vamos lá!

Duas em uma

As duas formas estão corretas. No entanto, “beringela” com G é mais utilizada em Portugal, enquanto “berinjela” com J é mais utilizada no Brasil. O dicionário Houaiss aconselha o uso do G, enquanto o Volp (Vocabulário Oficial da Língua Portuguesa), da Academia Brasileira de letras, e o Aurélio só registram a forma com J.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Coco, côco e cocô – qual a grafia correta?

água de coco

Qual a grafia correta?

Afinal de contas, qual a grafia correta: coco, côco ou cocô? Neste artigo, vamos responder essa questão e explicar quando utilizar cada uma das palavras. Vejamos!

Significados

Para começo de conversa, vamos destacar que côco não existe. A palavra correta para indicar a fruta é coco sem o acento circunflexo.

ex: Sandra foi à praia e tomou uma água de coco.

Já a palavra cocô é utilizada na linguagem informal como sinônimo de fezes ou excrementos.

ex: Rodrigo trocou as fraldas do bebê, porque ele tinha feito cocô.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Quota x Cota – qual a forma correta?

Afinal de contas, a forma correta é cota ou quota? Neste artigo, vamos acabar com essa dúvida e explicar o significado da palavra. Vamos lá!

PAUSA: Temos mais 42 textos sobre palavras parecidas. Vale a pena navegar e aprofundar o seu estudo.

Formas gráficas variantes

Existe um fenômeno na língua portuguesa que consiste em uma palavra ter mais de uma grafia. São as chamadas formas gráficas variantes. É nesse contexto que se insere a dupla cota e quota. As duas maneiras de escrever o vocábulo estão corretíssimas!

Significado

O dicionário Priberam lista cinco significados para a palavra:

1. Porção ou parte fixa e determinada. = QUINHÃO, QUOTA-PARTE

ex: Organizações não governamentais, como a Artigo 19, têm sua quota de participação no processo de dar mais transparência ao poder público.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Aspas – entenda quando utilizá-las

aspas

Quando utilizar as aspas?

As aspas são utilizadas com diferentes finalidades. Elas sempre aparecem em pares, indicando o fim ou o início de um termo ou uma citação. Neste artigo, vamos detalhar todos os casos em que se devem utilizar esse sinal gráfico. Vamos lá!

PAUSA: Antes de continuar a leitura, sugerimos a leitura do artigo que escrevemos sobre quando utilizar o ponto e vírgula. Leia e volte aqui para terminar este texto. Seu estudo  ficará muito mais completo.

1) Citação

Utilizam-se as aspas no início e no fim de uma citação para distingui-la do restante do texto.

ex: Em uma entrevista, a jornalista Cláudia Werneck disse: “Quem cabe no seu TODOS? A escola inclusiva é a escola que é percebida como um bem público, porque não admite qualquer tipo de discriminação”.

2) Palavras não usuais

Também se utilizam as aspas para destacar termos inusuais ou peculiares, como estrangeirismos, arcaísmo, neologismos, vulgarismos, etc.

ex: O grupo Doutores da Alegria faz uma trabalho de “clown” para amimar pessoas que estão passando por momentos difíceis.

3) Valor significativo

As aspas também podem ser usadas para dar destaque ao valor significativo de uma palavra ou expressão.

ex: O “praticar esporte” na ONG Miratus significa, antes de tudo, promover a inclusão social por meio do badminton.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Enfarte, infarte, enfarto ou infarto?

infarto, infarte, enfarto, enfarte

Qual a forma correta?

Existe na língua portuguesa um fenômeno chamado formas gráficas variantes. Trata-se de uma palavra que pode conter diferentes grafias. Todas elas reconhecidas e dicionarizadas. É o caso de enfarte, infarte, enfarto e infarto.

As quatro formas estão corretas. Isso ocorre, porque a língua é construída (e permanentemente transformada) pela história e pelo uso dos falantes. Assim, ela apresenta diferenças internas, que podem ser:

Continue reading

Compartilhe este texto:
Older posts