Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Month: abril 2017 (page 2 of 2)

Graças a Deus ou Graças à Deus?

Usamos ou não crase com ‘a Deus’? Neste artigo, vamos solucionar essa questão e explicar como utilizar corretamente o acento grave. Vejamos!

PAUSA: Antes de continuar a leitura, vale a pena você conferir primeiro o texto que fizemos com 5 dicas sobre a crase. Com certeza, seu estudo ficará muito mais completo. Leia e volte aqui!

Palavras masculinas

“Graças a Deus”, sem crase, é a forma certa. Isso porque Deus é um substantivo masculino. Nesse caso, não há a junção da preposição “a” com o artigo feminino “a”, que formam a crase. Há somente o “a” da preposição.

A mesma regra vale para outras expressões como: “glória a Deus”, “agradeço a Deus” e “gratidão a Deus”.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Fim de semana x Final de semana – qual a diferença?

Fim de semana é a mesma coisa que final de semana ? Neste artigo, vamos mostrar que as expressões, apesar de parecidas, possuem significados distintos. Vamos lá!

Fim de semana

É o nome dado ao período que vai de sexta-feira à noite até domingo.

ex: Ele passou o fim de semana na casa da avó.

Ou seja, ele esteve no local de sexta a domingo.

VEJA TAMBÉM: Vale a pena ler o artigo que fala sobre a diferença entre ‘assoar’ e ‘assuar’.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Performance ou performace – qual a forma correta?

Afinal de contas, a forma correta é performance ou performace? Neste artigo, vamos resolver essa questão e explicar a origem e o significado da palavra. Vamos lá!

Do inglês para o português

Performance é um anglicismo. Vem do inglês “performance”. Significa atuação; desempenho. Por não ser comum na língua portuguesa, muitos falantes omitem a sílaba “man” ao pronunciarem a palavra e dizem “performace”. Porém, a forma correta é performance.

VEJA MAIS: Vale a pena ler também o artigo que fizemos sobre outro anglicismo: on-line x online.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Desencargo ou descargo de consciência?

As palavras são sinônimas

Afinal de contas, o correto é descargo ou desencargo de consciência? Neste artigo vamos acabar de vez com essa dúvida e explicar como utilizar essa expressão. Vamos lá!

Sinônimas

A maioria dos dicionários trata as duas palavras como sinônimas, quando possuem o sentido de desobrigar. Dessa forma, ambas estão corretas. Você pode dizer tanto descargo como desencargo de consciência.

ex¹: Ele fez aquilo apenas por descargo de consciência.

ex²: Juca só pediu desculpas para desencargo de consciência.

VEJA MAIS: Vale muito a pena conferir o artigo que fizemos sobre a diferença entre ‘baixar’ e ‘abaixar’.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Segredoso: o que significa essa palavra?

O que significa essa palavra?

Segredoso. Não é que essa palavra existe? E sim, tem a ver com segredo.  Neste artigo, vamos explicar o significado do vocábulo e explicar quando usá-lo. Vamos lá!

Definição

O adjetivo é usado para descrever algo ou alguém que contém ou possui segredo (s).

PAUSA: Vale a pena você conferir o texto que fizemos sobre adjetivos biformes e uniformes. Vai complementar bem o seu estudo.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Tráfego x Tráfico – qual a diferença entre as palavras?

A foto mostra o tráfego ou tráfico de veículos?

Confundir tráfico com tráfego é uma equívoco comum em muitos textos. Neste artigo, vamos explicar o significado e quando utilizar cada palavra. Vejamos!

LEIA TAMBÉM: Entenda a diferença entre ‘baixar’ e ‘abaixa’.

Tráfico

Tráfico é comércio ilegal ou clandestino.

ex¹: O bandido foi preso por tráfico de drogas.

ex²: Nos tempos coloniais, o Brasil era destinado do tráfico de escravos.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Baixar x Abaixar – qual a diferença?

Entenda a diferença entre as palavras.

Muitas pessoas utilizam a palavra baixar no lugar de abaixar. Os vocábulos, no entanto, devem ser utilizados em situações distintas. Neste artigo, vamos explicar como e quando usar cada um. Veja!

Abaixar

Abaixar significa tornar mais baixo.

ex:  Ex: É preciso abaixar para passar pela porta, porque ela é muito pequena.

Continue reading

Compartilhe este texto:

3 dicas para ensino de português para pessoas autistas

A maior barreira é o preconceito

Comemora-se em 2 de abril o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Para celebrar essa importante data, o Clube do Português dá três dicas de ensino da língua portuguesa para pessoas autistas.  Este artigo é baseado no trabalho dos pesquisadores da Universidade Federal do Recôncavo Baiano, Adriano dos Santos, Márcia Bispo, Naiani Silva Pinheiro e Tainá Oliveira Santana.

1) Visual

Os autores explicam que os autistas tem uma capacidade visual muito apurada. Nesse sentido, uma estratégia que mescle a linguagem escrita com a visual será mais efetiva e contribuirá para prender a atenção do estudante com autismo.

DICA: Nesse sentido, vale conferir o artigo que fizemos aqui sobre design de informação. Essa pode ser uma ferramenta muito importante para o ensino de português para autistas.

2) Cuidado com o som

Via de regra, autistas têm muita sensibilidade com o som e podem se agitar com barulhos altos ou estridentes. Assim, recomenda-se que se busque um ambiente de estudo livre de barulhos ou que se tente amenizá-los.

Esse ouvido apurado para sons pode ser explorado por meio de estratégias educativas. Por exemplo, pode-se utilizar canções para explicar conceitos.

3) Computador

Em alguns casos, de acordo com os pesquisadores, pessoas com autismo podem ter dificuldades motoras. Uma estratégia para superar essa barreira é utilizar computadores. Além de serem mais fáceis de manusear, eles também agregam efeitos visuais e sonoras que podem complementar o aprendizado.

Preconceito

A maior barreira, no entanto, para que autistas aprendam a língua portuguesa é o preconceito. Muitas vezes, as diferenças assustam e as pessoas tendem a isolar os diferentes. Por isso, é importante entender que a diversidade não é um problema e sim um grande trunfo para criar uma sociedade mais igualitária e inclusiva.

DICA: O Brasil possui uma Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. Vale muito a pena conhecê-la.

Recomendamos a série sobre autismo feita pelo canal ‘Papo de infância‘:

Assista também:

Compartilhe este texto:

Resiliência – o significa essa palavra?

Veja o significado da palavra

Resiliência é uma palavra que tem ganhado destaque na medida em que o mercado de trabalho fica mais dinâmico e concorrido. Neste artigo, explicamos a origem e o significado do vocábulo. Vejamos!

Origem

A palavra vem do inglês “resilience”, que significa elasticidade. É um termo das ciências físicas que se refere à propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original, após terem sido submetidos a uma deformação elástica. Ex: Aço de grande resiliência é utilizado na fabricação de molas.

Mercado de trabalho

 No sentido figurado, o substantivo é usado para nomear a capacidade que as pessoas têm de se adaptar à má sorte ou às mudanças.

Ex: Os recrutadores vão avaliar resiliência dos candidatos durante os testes de seleção.

Veja também:

***

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– http://clubedoportugues.com.br/clube/

Compartilhe este texto:
Newer posts