Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Author: admin (page 1 of 33)

Mal criado x Malcriado – quando usar cada um?

🔸 MALCRIADO é um adjetivo usado para caracterizar alguém que tem má educação, é grosseiro ou desrespeitoso. ✔ Ex: O aluno foi muito malcriado ao responder o professor. 🔸MAL CRIADO tem função de advérbio e se refere ao tipo de educação que alguém recebeu ou está recebendo. ✔ Ex: Joana foi muito mal criada pelos pais. #DescriçãoDaImagem A imagem mostra um menino olhando pra cima. A imagem dá ideia de má-criação. #TextoDaImagem Malcriado versus mal criado. #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

As expressões mal criado e malcriado existem. Elas são utilizadas em circunstâncias diferentes. Neste artigo, vamos explicar como e quando usar cada uma. Vamos lá!

Malcriado

É um adjetivo usado para caracterizar alguém que tem má educação, é grosseiro ou desrespeitoso.

ex1: O aluno foi muito malcriado ao responder o professor.

ex2: Filhos malcriados são um grande problema para as escolas.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Velhinha x Velinha – qual a diferença?

As palavras velhinha e velinha existem, mas têm significados bem diferentes. Por serem parecidas, muita gente as confunde. Neste artigo, vamos explicar o significado de cada uma. Vamos lá!

Velinha

Trata-se do diminutivo sintético do substantivo feminino vela.

ex1: No dia do aniversário, temos que apagar as velinhas.

ex2: O pai saiu para comprar velinhas para o aniversário da filha.

A palavra é formada por derivação sufixal: VELA + INHA.

Velhinha

É o diminutivo sintético do substantivo e adjetivo feminino velha.

ex1: Minha avó é uma velhinha muito simpática.

ex2: Toda semana, as velhinhas do bairro se reuniam para a novena.

O vocábulo também é formado por derivação sufixal: VELHA + INHA.

Gostou do texto? Então, vale a pena conferir o vídeo que fizemos sobre a diferença entre INCIPIENTE e INSIPIENTE:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

Compartilhe este texto:

Hífen com o prefixo SUB – quando usar?

Palavras com prefixo "sub" têm hífen apenas quando seguidas das letras "h", "b" ou "r". ✔ Ex: Sub-hepático, sub-história, sub-bélico, sub-bloco, sub-reitor, sub-região. ✔ Nos demais casos, não há hífen. ✔ Ex: Subprocurador, subchefe, subdiretor, subestação, subalimentar, subestimar. ✔ #DescriçãoDaImagem A imagem mostra um homem sentado, usando um computador, que está em cima de uma mesa de madeira. Atrás dele, há um quadro-negro. #TextoDaImagem Uso de hífen com prefixo "sub". #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #domingo #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

Com o prefixo SUB devemos ou não utilizar o hífen? Quais são as regras? Neste artigo, vamos resolver essa dúvidas. Vamos lá!

Com hífen

Palavras com prefixo “sub” têm hífen apenas quando seguidas das letras “h”, “b” ou “r”.

ex: Sub-hepático, sub-história, sub-bélico, sub-bloco, sub-reitor, sub-região.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Minha calça ou minhas calças – qual a forma correta?

O certo é dizer minha calça ou minhas calças? Neste artigo, vamos explicar a maneira adequada de grafar a palavra. Vamos lá!

Plural x Singular

Tanto calça quanto calças são termos corretos para designar a peça de roupa que veste separadamente cada uma das pernas e que vai da cintura até os pés.

ex1: Minhas calças estão sujas de vinho.

ex2: Minha calça está suja de vinho.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Frisar x Frizar – qual a forma correta?

Frisar ou frizar: qual a maneira certa de grafar a palavra? Neste artigo, vamos explicar a grafia adequada desse verbo. Vamos lá!

Com S ou com Z?

A forma correta é FRISAR. Muitos se confundem por causa da palavra inglesa “frizz”, que aparece comumente estampada em rótulos de produtos para cabelos.

Transitivo direto

Quando transitivo direto, o verbo pode significar ondular; encrespar; enrugar; colocar frisos; estar muito perto de tocar ou tocar levemente; combinar com; ser congruente com a; enfatizar ou realçar; salientar ou sobressair.

ex1: O professor frisou a importância da participação dos alunos nos debates em sala.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Monotonia x Monotomia – qual a forma correta?

Monotonia ou monotomia? Qual a maneira correta de escrever a palavra? Neste artigo, vamos acabar com essa dúvida e falar sobre a origem do termo. Vamos lá!

Com N ou com M?

A grafia certa é MONOTONIA, com “n”. O substantivo feminino pode significar invariabilidade e uniformidade de tom (música); ausência de variedade, de diversidade; ou ausência de viço, de vigor, de vida; sensaboria, pasmaceira, monorritmia.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Mal-entendido: qual é o plural?

Afinal de contas, qual o plural de mal-entendido? Os dois termos vão para o plural ou somente um? Neste artigo, vamos resolver essa questão. Vamos lá!

Classificação das palavras

Para descobrir a resposta correta, temos de analisar a classificação das palavras. Entendido exerce a função de adjetivo. Dessa forma, possui variação de número, ou seja, pode ser pluralizado.

mal é um advérbio e, por isso, é um termo invariável. Em outras palavras, não tem plural.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Gases x Gazes – qual a diferença entre as palavras?

Tanto gases, quanto gazes são palavras que existem. Porém, as duas têm significados distintos. Neste artigo, vamos explicar quando usar cada uma. Vamos lá!

Gases

Gases, com “s”, é o plural de “gás” – estado físico da matéria, que tem a propriedade de se espalhar, ocupando a totalidade do ambiente que a contém.

ex1: O Ceará é o quarto estado do Nordeste que mais emite GASES de efeito estufa.
ex2: Chás podem aliviar os sintomas de GASES intestinais.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Cesárea ou Cesária – qual a forma correta?

A grafia do substantivo, que se refere ao procedimento cirúrgico para extração de um feto por meio de um corte, é "cesárea", com "e". ✔ Muitos acreditam que o vocábulo seja escrito com "i" por fazerem uma associação com seu sinônimo "cesariana". ✔ Ex1: A médica que faria a cesárea da minha irmã precisou viajar. Ex2: A médica que faria a cesariana da minha irmã precisou viajar. ✔ A palavra vem do latim "caedere", que significa cortar. Já a crença popular associa a origem do vocábulo ao imperador romano Júlio César, que teria nascido por meio desse tipo de cirurgia. ✔ ☡ ATENÇÃO! A palavra "cesária" também existe na língua portuguesa, mas tem um significado diferente. Ela é usada para descrever um aparelho, semelhante a uma tesoura, feito para cortar cartões e metais. Ex: Precisamos comprar uma nova cesária para a gráfica. #DescriçãoDaImagem A imagem mostra um recém-nascido dormindo. #TextoDaImagem Cesárea ou cesária? #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #cesária #maternidade #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

A forma correta de escrever a palavra é cesárea ou cesária? Neste artigo, explicamos a grafia certa do vocábulo. Vamos lá!

Com E ou com I?

A grafia do substantivo, que se refere ao procedimento cirúrgico para extração de um feto por meio de um corte, é “CESÁREA“, com “e”.

Muitos acreditam que o vocábulo seja escrito com “i” por fazerem uma associação com seu sinônimo “cesariana“.

ex1: A médica que faria a cesárea da minha irmã precisou viajar.
ex2: A médica que faria a cesariana da minha irmã precisou viajar.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Inserto x Incerto – qual a diferença?

Apesar de terem grafias parecidas, as palavras incerto e inserto têm significados diferentes. Neste artigo, vamos explicar quando utilizar cada uma. Vamos lá!

Incerto

Escrito com C, o adjetivo masculino significa algo que não é certo, que não se pode confirmar.

ex1: O retorno de Rui era incerto, pois ele tinha muitas mágoas quando saiu de casa.

ex2: A previsão dos economistas mostrava um futuro incerto para os trabalhadores.

Continue reading

Compartilhe este texto:
Older posts