Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Category: Glossário (page 1 of 3)

Criptografia – o que significa essa palavra?

O que é criptografia?

Entenda o significado da palavra.

Criptografia – com a crescente preocupação com a segurança da informação, essa palavra tem ganhado cada vez mais destaque. Neste artigo, explicamos o seu significado e sua origem. Vamos lá!

Significado

O substantivo feminino se refere, segundo o dicionário Houiss, ao conjunto de princípios e técnicas empregadas para cifrar a escrita, torná-la ininteligível para os que não tenham acesso às convenções combinadas. A criptografia é muito utilizada em operações militares, políticas, diplomáticas e criminais. Ela tem como objetivo modificar textos para impedir a sua compreensão pelos que não conhecem seus caracteres ou convenções.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Burburejar – descubra o significado da palavra agora mesmo!

burburejar

O que significa?

A coluna  palavra da semana tem como objetivo enriquecer seu vocabulário para te ajudar a tornar seus textos mais atraentes.  O vocábulo de hoje é burburejar.

PAUSA: Antes de terminar a leitura, vale a pena você dar uma conferida no significado da palavra LIBENTE.

Definição

Burburejar é um verbo intransitivo significa “ter ou fazer som de água em borbulhas”.

Ex: Ouvi a água que fervia no fogão burburejar.

O vocábulo surge da onomatopeia do som de borbulhas.

Onomatopeia

A onomatopeia é uma figura de linguagem que consiste na formação de palavras que representam ou simulam um som.

ex: tique-taque, atchim, chuá.

VEJA MAIS: Para complementar seu estudo, recomendamos a leitura do artigo que fizemos sobre 5 figuras de linguagem úteis para o seu texto.

Assista também:

***

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– http://clubedoportugues.com.br/clube/

Compartilhe este texto:

LIBENTE: o que é isso?

o que é libente?

Qual o significado da palavra?

A partir de agora, teremos a coluna “Palavra da Semana”. Divulgaremos o significado de uma palavra diferente.

Hoje, a palavra é LIBENTE. Vem do latim “libens”, que significa fazer voluntariamente, com gosto. O adjetivo é usado para descrever aquilo ou quem demonstra boa vontade em tudo o que faz; afável, amável.

Uniforme x Biforme

Libente é um adjetivo uniforme. Ou seja, ele não varia em gênero com o substantivo que qualifica.

Continue reading

Compartilhe este texto:

O que é interjeição?

Veja o que é e quais as classificações das interjeições.

CUIDADO! O termo anterior é uma interjeição. Trata-se de uma classe gramatical utilizada para expressar emoções. A classificação de cada uma, como explicam Celso Cunha e Lyndley Cintra, depende fundamentalmente do contexto e da entonação.

Flexão

As interjeições são expressões invariáveis. Ou seja, não possuem flexão de número (singular x plural), de gênero (masculino x feminino) nem de grau (comparativo x superlativo). Quando são compostas por mais de uma palavra, formam as chamadas locuções interjectivas.

ex: Ora, bolas!; ai de mim!; valha-me Deus!.

É importante destacar também que as interjeições não possuem função sintática, sendo apenas um elemento estilístico.

Continue reading

Compartilhe este texto:

O que é aposto?

Descrição da imagem: Mulher faz anotações no caderno com uma caneta.

Descrição da imagem: Mulher faz anotações no caderno com uma caneta.

Existe um termo muito importante na língua portuguesa – o aposto. Neste texto, vou conceituar, classificar e dar exemplos de como e quando utilizá-lo. Também irei explicar a diferença entre aposto e vocativo.

Aposto

O aposto é um substantivo que explica, detalha, esclarece ou detalha outro.

ex: Júlio, primo de Maria, passou no vestibular.

Perceba que o termo “primo de Maria” acrescenta uma informação sobre quem é Júlio. Logo, estamos diante de um aposto. 

O aposto pode ser:

Continue reading

Compartilhe este texto:

Adjetivos: uniformes x biformes

Os adjetivos são classificados de acordo com sua variação de gênero.

Os adjetivos são classificados de acordo com sua variação de gênero.

Os adjetivos são classificados de acordo com a flexão. Nesse sentido, eles dividem-se em uniformes e biformes. Vejamos.

Uniformes

São aqueles que não flexionam indiferentemente do substantivo que qualificam.

ex: O menino estava alegre.

ex¹: A menina estava alegre.

__

ex²: O rapaz estava doente.

ex³: A moça estava doente.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Substantivos: primitivos x derivados

primitivo-x-derivado

Os substantivos são divididos, entre outros critérios, pela sua formação. Nesse sentido, eles dividem-se em primitivos e derivados.

Primitivos

São aqueles que não derivam de outra palavra.

ex: pedra, vidro, madeira.

Continue reading

Compartilhe este texto:

O que é elipse?

Algumas vezes, para evitar a repetição de palavras que são facilmente recuperáveis pelo contexto, omitimos termos da oração. Esse artifício é chamado de elipse. 

ex¹: Paulo morava em São Paulo e Pedro, em Brasília.

Note que o verbo “morar” foi omitido da segunda oração. Contudo, o sentido da frase não foi comprometido.

A elipse pode acontecer com mais de um termo.

ex²: João morava em uma casa de pedro e Maria, em uma de madeira.

Repare que houve a retirada das palavras “morava” e “casa”.

Dicas bônus

Quando ocorre a elipse verbal, ela deve ser indicada com vírgula. Voltemos ao primeiro exemplo:

Paulo morava em São Paulo e Pedro, em Brasília.

Perceba que a vírgula indica a exclusão do verbo “morar” na segunda oração.

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
http://eepurl.com/b5exUr

Veja mais no nosso canal do Youtubehttps://goo.gl/VhBR7o

Envie suas dúvidas — http://clubedoportugues.com.br/tire-suas-duvidas-2

Compartilhe este texto:

Hiponímia e hiperonímia – o que é isso?

HIPÔNIMO-X-HIPERÔNIMO

Hiponímia e hiperonímia são relações entre termos mais amplos e outros mais específicos. Elas se caracterizam por um correlação do tipo contém/está contido. Veja a frase a seguir:

ex: Minha mãe adora flores, principalmente, rosas, margaridas e bromélias.

Veja que as palavras rosas, margaridas e bromélias são categorias dentro do grupo mais amplo – flores. Nesse sentido, dizemos que flores é um hiperônimo de rosas, margaridas e bromélias, enquanto estas são hipônimos daquela. Esquematizando:

Hiperônimo – termo que caracteriza um grupo mais amplo em relação a um mais específico.

ex: Flores

Hipônimo – termo que indica uma categoria específica dentro de um grupo mais amplo.

ex: Rosas, margaridas e bromélias.

Vale destacar que a hiponímia e a hiperonímia se constroem na inter-relação entre as palavras e não com termos isolados. Como bem destaca Evanildo Bechara, “a oposição é um princípio fundamental para determinação da existência dos signos linguísticos”.  Nessa interação entre os termos, flores pode, por exemplo, em casos distintos, ocupar a função de hipônimo.

ex: A flora brasileira é composta por uma variedade de flores, árvores e outros tipos de vida vegetal.

Perceba que nesse caso flores é hipônimo de flora. Ou seja, uma categoria específica dentro de outra mais ampla.

Por fim, vale destacar que o uso de hipônimos e hiperônimos é um excelente ferramenta de coesão, pois ajuda a evitar a repetição de palavras.

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
http://eepurl.com/b5exUr

Veja mais no nosso canal do Youtubehttps://goo.gl/VhBR7o

Envie suas dúvidas — http://clubedoportugues.com.br/tire-suas-duvidas-2

Veja mais:

Compartilhe este texto:

O que são verbos defectivos?

Entenda o que são verbos defectivos.

Entenda o que são verbos defectivos.

Os verbos defectivos são aqueles que não possuem conjugação completa. Em outras palavras, são aqueles que não podem ser conjugados em alguns modos, tempos e pessoas. Nesses casos, o comum é substituí-los por verbos sinônimos que possuam a conjugação desejada.

Exemplos de verbos defectivos: viger, colorir, falir, esculpir, banir, brandir,  carpir, delir, demolir, delinquir, ruir, explodir, feder, bramir, extorquir, retorquir e doer.

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na línguahttp://eepurl.com/b5exUr

Veja mais no nosso canal do Youtubehttps://goo.gl/VhBR7o

Curta nossa página no Facebookhttps://www.facebook.com/portuguesdicas/

Compartilhe este texto:
Older posts