Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Category: Ortografia (page 2 of 10)

Imperativo positivo x Imperativo negativo – qual a diferença?

Entenda como conjugar verbos no imperativo negativo e no positivo

Qual a diferença entre o imperativo negativo e o afirmativo? Neste artigo, vamos explicar como funciona cada um e como eles se distinguem um do outro. Vamos lá!

Modo verbal

O imperativo é um modo verbal utilizado para expressar ordens, solicitações, conselhos ou pedidos. Os outros modos são o subjuntivo e o indicativo.

ex¹: Não me deixeis cair em tentação.

ex²: Quer aprender? Estude!

Pontos comuns

Os dois imperativos possuem dois pontos em comum. O primeiro é que ambos não são conjugados na 1ª pessoa do singular. O segundo é que os dois têm origem no presente do subjuntivo.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Verbos anômalos – o que é isso?

Os verbos ser e ir são chamados de anômalos. Neste artigo, vamos explicar o que significa essa classificação e por que esses termos recebem essa denominação. Vamos lá!

Radical

Antes de explicar os verbos anômalos, é preciso apresentar o conceito de radical. Trata-se do elemento significativo e básico dos vocábulos. Veja as palavras abaixo:

  • Gato;
  • Gatinho;
  • Gatuno.

O elemento gat é o radical. Ele é responsável pelo aspecto significativo que conecta as três palavras.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Verbos imitativos – o que é isso?

Na língua portuguesa, os verbos podem ser classificados em relação a sua significação. Neste artigo, vamos tratar de uma dessas classificações: os verbos imitativos. Vamos lá!

Imitação

Também conhecidos como onomatopaicos, os verbos imitativos são aqueles que expressam a ação dos substantivos que lhes dão origem. Veja abaixo alguns exemplos:

  • balança – balançar;
  • gralha – gralhar;
  • latim – latinizar;
  • serpente – serpentear;
  • grego -grecizar.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Qual o plural de projeto-piloto?

Já falamos aqui sobre o plural dos substantivos compostos. Neste artigo, vamos tratar de um caso específico: projeto-piloto. Vamos lá!

Determinante

Quando combinado com outro substantivo, piloto exerce a função de determinante específico. Dessa forma, há duas possibilidades de plural:

a) Os dois termos vão para o plural

ex: A empresa está iniciando hoje dois projetos-pilotos focados no desenvolvimento de novas tecnologias.

b) Somente o primeiro nome vai para o plural

ex: Na organização onde trabalho, já fui responsável por vários projetos-piloto.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Hífen com o prefixo SUPER – quando usar?

Usa-se hífen com palavras iniciadas com prefixo "super" se o termo posterior começar com H ou R. Ex: Super-homem, super-herói, super-habilidade, super-requintado, super-real, super-resistente, etc. ✔ Nos demais casos, não há hífen. Ex: Supersalário, superbactéria, superfaturado, supermercado, superlotado, supermãe, superaquecido, etc. #DescriçãoDaImagem A imagem mostra os desenhos de três super-heróis: Mulher Maravilha, Wolverine e Batman. #TextoDaImagem Hífen com prefixo "super". #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

O uso do prefixo super sempre gera muitas dúvidas. Afinal de contas, os substantivos compostos com esse termo devem ou não ser separados com hífen? Neste artigo, respondemos esta questão. Vamos lá!

Com hífen

Usa-se hífen com palavras iniciadas com prefixo “super” se o termo posterior começar com H ou R.
Ex: Super-homem, super-herói, super-habilidade, super-requintado, super-real, super-resistente, etc.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Ano Novo x Ano-Novo – tem hífen?

Todo final de ano, surge uma dúvida: a forma correta é Ano Novo ou Ano-Novo? As duas formas estão corretas, mas têm significados diferentes. Neste artigo, explicamos melhor quando usar cada uma. Vamos lá!

Ano-Novo

Escrita com hífen a expressão refere-se à virada do dia 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro. Trata-se da festa de reveillon.

ex1: Na festa de Ano-Novo, todo mundo se diverte bastante.

ex2: No Ano-Novo, é comum beber espumante.

Vale ressaltar que o termo ligado pelo hífen forma um só substantivo composto.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Maiúscula x Minúscula – quando usar cada uma?

Quem nunca se deparou com uma palavra e ficou com dúvida se ela era escrita com letra maiúscula ou minúscula? Neste artigo, vamos acabar de vez com essas dúvidas. Confira!

Maiúscula

 Nomes

  1. Nomes e sobrenomes: Michel da Silva
  2. Cognomes: Henrique, o Conquistador
  3. Apelidos: Trinca-Fortes
  4. Pseudônimos: João de Deus
  5. Nomes dinásticos: os Braganças

Continue reading

Compartilhe este texto:

Mal criado x Malcriado – quando usar cada um?

🔸 MALCRIADO é um adjetivo usado para caracterizar alguém que tem má educação, é grosseiro ou desrespeitoso. ✔ Ex: O aluno foi muito malcriado ao responder o professor. 🔸MAL CRIADO tem função de advérbio e se refere ao tipo de educação que alguém recebeu ou está recebendo. ✔ Ex: Joana foi muito mal criada pelos pais. #DescriçãoDaImagem A imagem mostra um menino olhando pra cima. A imagem dá ideia de má-criação. #TextoDaImagem Malcriado versus mal criado. #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

As expressões mal criado e malcriado existem. Elas são utilizadas em circunstâncias diferentes. Neste artigo, vamos explicar como e quando usar cada uma. Vamos lá!

Malcriado

É um adjetivo usado para caracterizar alguém que tem má educação, é grosseiro ou desrespeitoso.

ex1: O aluno foi muito malcriado ao responder o professor.

ex2: Filhos malcriados são um grande problema para as escolas.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Minha calça ou minhas calças – qual a forma correta?

O certo é dizer minha calça ou minhas calças? Neste artigo, vamos explicar a maneira adequada de grafar a palavra. Vamos lá!

Plural x Singular

Tanto calça quanto calças são termos corretos para designar a peça de roupa que veste separadamente cada uma das pernas e que vai da cintura até os pés.

ex1: Minhas calças estão sujas de vinho.

ex2: Minha calça está suja de vinho.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Frisar x Frizar – qual a forma correta?

Frisar ou frizar: qual a maneira certa de grafar a palavra? Neste artigo, vamos explicar a grafia adequada desse verbo. Vamos lá!

Com S ou com Z?

A forma correta é FRISAR. Muitos se confundem por causa da palavra inglesa “frizz”, que aparece comumente estampada em rótulos de produtos para cabelos.

Transitivo direto

Quando transitivo direto, o verbo pode significar ondular; encrespar; enrugar; colocar frisos; estar muito perto de tocar ou tocar levemente; combinar com; ser congruente com a; enfatizar ou realçar; salientar ou sobressair.

ex1: O professor frisou a importância da participação dos alunos nos debates em sala.

Continue reading

Compartilhe este texto:
Older posts Newer posts