Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Category: Palavras parecidas (page 1 of 7)

Indulto x Induto – qual a diferença?

A forma correta é indulto ou induto? Tem ou não tem aquele L ali? Neste artigo, vamos acabar com essa dúvida. Vamos lá!

Indulto

Indulto significa absolvição, perdão. No Direito, o substantivo masculino é usado para se referir à remissão parcial ou total de pena. Já no catolicismo, indulto é o privilégio concedido pelo papa, conferindo poderes fora das regras ordinárias.

Ex1: O Tribunal Federal da 4ª Região declarou inconstitucional o indulto de Natal no sul do país.

Ex2: A Igreja Católica chilena propôs indulto a envolvidos em crimes políticos durante a ditadura de Augusto Pinochet.

Induto


O termo induto quer dizer vestuário, traje; revestimento. .
Ex1: O apicultor precisa de induto apropriado para trabalhar.

Ex2: O induto especial garante que o calor não seja absorvido.

Fonte: Dicionário Priberam

Resumo

  • Indulto: perdão
  • Induto: vestimenta

Gostou do texto? Então, vale a pena conferir o vídeo que fizemos sobre a diferença entre TAPAR e TAMPAR:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– https://clubedoportugues.com.br/clube/

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Compartilhe este texto:

Infringir, inflingir e infligir – qual a diferença?

Qual a diferença entre as palavras: Infringir, inflingir e infligir? Neste artigo, vamos explicar o significado de cada um dos termos. Vamos lá!

Inflingir x Infligir

A primeira coisa a se dizer é a palavra inflingir não existe. O correto é infligir, sem o N depois do segundo I.

O termo infligir, segundo o dicionário Priberam, tem os seguintes significados:

  1. Impor ou aplicar algo, geralmente pena ou castigo. = COMINAR
  2. Fazer sofrer; causar um sofrimento.
  3. Obrigar a suportar ou a passar por.

ex: A prefeitura infligiu uma multa a empresa.

ex: Um grande mal se infligiu sobre a sociedade.

Continue reading

Compartilhe este texto:

A princípio x Em princípio – qual a diferença?

Afinal de contas, qual a diferença entre as expressões em princípio e a princípio? Neste artigo, vamos resolver essa dúvida e explicar quando utilizar cada uma das locuções. Vamos lá!

Princípio

Para entender o sentido das expressões, é importante entender os significados da palavra princípio. Ela pode indicar um preceito ou uma regra. Pode também representar o início ou começo de algo.

ex¹:  Alguns políticos não respeitam o princípio da moralidade.

ex²: Desde o princípio desse trabalho, eu estou me dedicando mais que todos.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Taxar x Tachar – qual a diferença?

Qual a diferença entre as duas palavras?

Tanto tachar quanto taxar são palavras que existem. Elas têm, porém, significados distintos. Neste artigo, vamos explicar o sentido de cada uma e também quando utilizá-las. Vamos lá!

Taxar

Trata-se do ato de aplicar um tributo ou um imposto. Também pode se referir à atividade de atribuir um preço a algum produto ou serviço.

ex¹: O governo costuma taxar fortemente produtos estrangeiros.

ex²: O produto das indústrias é taxado em diferentes momentos do processo produtivo.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Dispensa x Despensa – qual a diferença?

"Despensa" é um substantivo que descreve o lugar onde se guarda mantimentos para uso doméstico. ✔ Ex: Após fazer compras, guardei os grãos na despensa. ✔ "Dispensa", quando usado como substantivo, significa ato de ser desobrigado; escusa; licença para se eximir de um dever ou obrigação; documento em que se concede a dispensa; despedimento. ✔ Ex: Ele recebeu dispensa do serviço militar. ✔ "Dispensa" também pode se referir à terceira pessoa do singular do presente do indicativo do verbo "dispensar": Ex: O hotel dispensa comentários. ✔ "Dispensa" pode ser ainda a conjugação do verbo "dispensar" na segunda pessoa do singular do imperativo. Ex: Dispensa o João do trabalho de hoje, Maria. ✔ #DescriçãoDaImagem A imagem mostra mantimentos armazenados em uma despensa. #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

Tanto dispensa quanto a despensa são palavras que existem na língua portuguesa. Neste artigo, vamos explicar a diferença entre as duas. Vamos lá!

Despensa

Despensa é um substantivo que descreve o lugar onde se guarda mantimentos para uso doméstico.

Ex: Após fazer compras, guardei os grãos na DESPENSA.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Cela x Sela – qual a diferença?

Tanto cela quanto sela existem. Contudo, as duas palavras têm significados bastante diferentes. Neste artigo, vamos explicar quando usar cada uma. Vamos lá!

Cela

Escrita com C, a palavra tem o significado de local onde ficam os prisioneiros. É a famosa cela de prisão.

ex: Nas prisões brasileiras, as celas estão superlotadas.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Tudo bom x Tudo bem – qual a forma correta?

O correto é dizer tudo bem ou tudo bom? As duas maneiras são aceitas. Neste artigo, vamos explicar melhor cada situação. Vamos lá!

Tudo bem

Quando usamos essa forma, está implícito o verbo estar. Como bem é um advérbio, ele complementa o verbo, logo ele se refere a maneira como as coisas estão indo.

ex: Está tudo bem na minha vida.

Tudo bom

Como bom é um adjetivo, ele se refere a um substantivo que está oculto. Então, quando perguntamos se está tudo bom, fica subentendido que estamos falando do dia-a-dia, da situação, das coisas de determinada pessoa.

ex: Está tudo bom no meu dia.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Apóstrofe x Apóstrofo – qual a diferença?

As palavras apóstrofe e apóstrofo não são sinônimas. Cada uma tem um significado distinto. Neste artigo, vamos explicar quando utilizar uma e outra. Vamos lá!

Apóstrofo

Trata-se de um sinal gráfico que serve para indicar a supressão de letras e a contração de termos.

ex1: Ele bebeu um copo d’água.

ex2: As obras de Mia Couto falam das vozes d’África.

OBS: No plural das siglas, não se usa apóstrofo.

ex: Comprei vários CDs.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Filiar x Afiliar – qual a forma correta?

Afiliar ou filiar: qual a maneira certa de escrever a palavra? Neste artigo, vamos resolver esta dúvida e explicar o significado dos verbos. Vamos lá!

Sinônimas

As duas formas são sinônimas, quando usadas com o sentido de se inscrever em comunidade, grupo ou instituição.

ex1: Ela se filiou ao partido com a  intenção de se candidatar nas próximas eleições.
ex2: Ela se afiliou ao partido com a intenção de se candidatar nas próximas eleições.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Velhinha x Velinha – qual a diferença?

As palavras velhinha e velinha existem, mas têm significados bem diferentes. Por serem parecidas, muita gente as confunde. Neste artigo, vamos explicar o significado de cada uma. Vamos lá!

Velinha

Trata-se do diminutivo sintético do substantivo feminino vela.

ex1: No dia do aniversário, temos que apagar as velinhas.

ex2: O pai saiu para comprar velinhas para o aniversário da filha.

A palavra é formada por derivação sufixal: VELA + INHA.

Velhinha

É o diminutivo sintético do substantivo e adjetivo feminino velha.

ex1: Minha avó é uma velhinha muito simpática.

ex2: Toda semana, as velhinhas do bairro se reuniam para a novena.

O vocábulo também é formado por derivação sufixal: VELHA + INHA.

Gostou do texto? Então, vale a pena conferir o vídeo que fizemos sobre a diferença entre INCIPIENTE e INSIPIENTE:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

Compartilhe este texto:
Older posts