Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Category: Redação (page 2 of 4)

Dissertação: como estruturar?

Veja como estruturar uma dissertação.

Veja como estruturar uma dissertação.

Em provas de vestibulares e concursos, é muito comum que se exija que o candidato escreva uma dissertação.  Trata-se de uma redação argumentativa que defende um ponto de vista. Este texto vai detalhar as três partes que não podem faltar em uma boa dissertação.

1) Apresentação de um ponto de vista

O primeiro parágrafo deve dedicar-se a apresentar a questão em debate e explicitar os pontos de vista que serão desenvolvido. Ele pode conter já a introdução dos argumentos que serão detalhados no desenvolvimento.

ex: Uma questão que tem sido muito debatido nos últimos tempos é a reforma da previdência. Alguns defendem que o sistema não é deficitário e que não precisa de reformulação. Contudo, economistas defendem que uma mudança é urgente e que medidas, como a adoção de uma idade mínima para aposentadoria, são imprescindíveis.

Continue reading

Compartilhe este texto:

3 dicas para melhorar seu texto imediatamente

mulher no notebook

Dicas para você aplicar imediatamente.

Neste texto, darei três dicas práticas e imediatamente aplicáveis para você melhorar seu texto. Vamos lá!

1) Evite parágrafos com mais de cinco linhas

Em parágrafos muito longos, você corre o risco de ser prolixo e também de cometer mais erros. Além disso, esteticamente, é desagradável para o leitor ler um bloco enorme de texto. O ideal é um parágrafo para cada ideia ou argumento.

2) Evite começar frases com ‘mas’ e ‘e’

A conjunção mas e a preposição são utilizadas para conectar frases. Assim, não é recomendável que elas iniciem as orações. Isso não é um regra. Há sim casos nos quais é possível que esses dois elementos venham no início da sentença. Se você tiver concluído a frase anterior e tiver iniciando um novo argumento, você pode sim utilizar mas e logo de cara. Contudo, isso não é lá muito comum e, na norma culta, o ideal é que se evite esse artifício.

No caso do mas, você pode optar por outras conjunções como contudo, porém e todavia.

Continue reading

Compartilhe este texto:

O que é paralelismo?

Definição de paralelismo

Entenda como usar o paralelismo.

Pergunta do leitor: Pode utilizar a seguinte frase: “vou à praia, o cinema e a aula”? Ou necessariamente deverá ser escrito “vou à praia, ao cinema e à aula”  ou “vou a praia, cinema e aula”.

Resposta

Um fator que deve ser um ponto de atenção na hora de escrever é o chamado paralelismo. Esse é o nome que se dá ao uso de estruturas idênticas ou similares. Um texto bem construído deve prezar pelo paralelismo, como forma de obter uma estrutura coerente e coesa. Dito isso, vamos analisar  a dúvida do leitor.

CASO 1 – Vou à praia, o cinema e a aula.

Aqui encontramos uma quebra do paralelismo, mais especificamente, do paralelismo sintático.  O objeto indireto  deve sempre estar ligado ao verbo pela preposição. Isso se aplica também nos casos em que há mais de um objeto direto. Então, o mais correto seria:

ex: Vou à praia, ao cinema e à aula. Continue reading

Compartilhe este texto:

Regra básica para as SIGLAS

Uma dúvida bastante comum para muitas pessoas é como escrever as siglas. Quando escrever tudo em maiúscula? Quando só a primeira é maiúscula? Então, a ideia deste post é apresentar uma regra geral, que o ajudará a resolver a maioria dos casos.

Siglas com até 3 letras

REGRA: Tudo em letra maiúscula.

ex: ONU – Organização das Nações Unidas

Continue reading

Compartilhe este texto:

3C – fórmula para escrever bons textos

3C

Um bom texto é aquele que possui ideias claras e expostas de maneira harmoniosa, com um encadeamento lógico entre os parágrafos. Para isso, uma boa escrita deve conter os 3 Cs: coesão, coerência e consistência.

Coesão

Trata-se do uso adequado dos conectivos, que garantem unicidade à redação e criam uma ligação fluida entre as frases e parágrafos.

Os principais elementos de coesão são as preposições (a, de, para, com), as conjunções (que, porém, entretanto, todavia), os pronomes (este, cujo, o qual, ele, ela, lhe, la), os advérbios (aqui, à direita, lá, acolá) e as palavras denotativas (então, apenas, inclusive).

Coerência

Trata-se da garantia do significado lógico do texto, que evita contradições e quebras de sentido. Deve-se buscar a não contradição entre as ideias apresentadas na escrita. Veja o exemplo abaixo:

Continue reading

Compartilhe este texto:

Quando utilizar vírgula antes de “mas”?

Vírgula + mas

O usa da vírgula normalmente causa dúvidas. Um dos casos em que sempre se usa esse sinal é antes das conjunções adversativas, como mas, porém, contudo, todavia.

ex: Ele veio, mas não ficou para a festa.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Guia completo de quando utilizar a VÍRGULA

Usa-se a vírgula nos seguintes casos:

Intercalações

Usa-se  vírgula para marcar a intercalação:
a) Do adjunto adverbial – ex: Saiu, naquela manhã, para assumir o novo posto.
b) Da conjunção – ex: Sabia, todavia, que não poderia mais retornar.
c) Dos termos explicativos ou corretivos – ex:  Ele era um homem dedicado, isto é, não faltava nunca.

PAUSA: Antes de terminar a leitura, vale a pena você dar uma olhada no outro artigo que fizemos sobre os 5 objetivos de um texto. Leia e volte aqui. Você terá um entendimento muito mais contextualizado.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Adjunto adverbial deslocado deve ser separado por vírgula

Descrição da imagem: fundo de liso onde está escrito: "Vírgula: adjunto adverbial deslocado".

Descrição da imagem: fundo de liso onde está escrito: “Vírgula: adjunto adverbial deslocado”.

Veja o trecho retirado de uma matéria do G1 (site brasileiro de notícias):

A Polícia Federal realizou neste domingo (6) operações em pelo menos 8 estados para combater fraudes contra o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece neste final de semana. Foram cumpridos mandados de prisão, mas até a última atualização desta reportagem a PF ainda não tinha informado quantas pessoas foram presas.

Nele há dois erros de uso vírgula que estão relacionados à inversão da ordem direta do discurso.

RELEMBRANDO: Ordem direta = Sujeito + Verbo + Complemento Verbal ou Sujeito + Verbo de ligação + Predicativo. 

Vamos analisar agora cada um dos períodos que compõem esse parágrafo.

PERÍODO 1: A Polícia Federal realizou neste domingo (6) operações em pelo menos 8 estados para combater fraudes contra o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece neste final de semana.

Continue reading

Compartilhe este texto:

De baixo x Debaixo

Debaixo x De baixo

Muita gente se confunde com as expressões de baixo e debaixo. Neste texto, vou falar de algumas estratégias simples para acabar com essa dúvida. Vamos lá!

Debaixo = sob

Sempre que for possível trocar a palavra por sob, deve-se utilizar debaixo.

ex: Ele estava debaixo da mesa.

ex¹: Ele estava sob a mesa.

ex: O gato estava debaixo da cama.

ex²: O gato estava sob a cama.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Elo é sempre de ligação

Elo

Todo elo é de ligação

O pleonasmo é a figura de linguagem que indica o uso de palavras redundantes para reforçar uma ideia. Contudo, quando essa repetição é desnecessário, temos o chamado pleonasmo vicioso. É muito comum encontrarmos, por exemplo, a expressão “elo de ligação”.

Continue reading

Compartilhe este texto:
Older posts Newer posts