Qual a grafia correta?

Afinal de contas, qual a grafia correta: coco, côco ou cocô? Neste artigo, vamos responder essa questão e explicar quando utilizar cada uma das palavras. Vejamos!

Significados

Para começo de conversa, vamos destacar que côco não existe. A palavra correta para indicar a fruta é coco sem o acento circunflexo.

ex: Sandra foi à praia e tomou uma água de coco.

Já a palavra cocô é utilizada na linguagem informal como sinônimo de fezes ou excrementos.

ex: Rodrigo trocou as fraldas do bebê, porque ele tinha feito cocô.

Acentuação

A palavra coco é uma paroxítona. Ou seja, a sílaba tônica é a penúltima. Só se acentuam as paroxítonas terminadas em r, x, n, l, ps, om, ons, um, uns, ã, ãs, ão, ãos e ditongos orais. Como coco não se encaixa em nenhum desses casos, não deve ser acentuado.

VEJA MAIS: Vale a pena conferir o artigo que escrevemos sobre as regras do acento agudo. Vai complementar bastante seu estudo.

Já no caso da palavra cocô, estamos diante de uma oxítona – a sílaba tônica é a última. A regra diz que devem ser acentuadas as oxítonas terminas em a, e ou  o, seguidas ou não de s.

Resumo

Côco – Não existe;

Coco – Fruta;

Cocô – Sinônimo informal de fezes e excrementos.

LEIA TAMBÉM: Para aprimorar seus conhecimentos em acentuação, vale a pena ler o artigo que fizemos sobre ‘herói’ e ‘heroi’. Afinal, tem ou não acento?

Assista mais:

***

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– http://clubedoportugues.com.br/clube/

Compartilhe este texto: