conjunção-conectivo

Entenda as classificações

Conjunções subordinativas são aquelas que ligam orações ou termos, dos quais um completa ou determina o sentido do outro. Neste artigo, iremos detalhar as classificações desses conectivos e quais suas funções.

PAUSA: Antes de terminar de ler este texto, vale a pena você dar uma olhada neste outro que explica o que é uma conjunção. Vá lá e volte aqui. Com certeza, você vai entender muito melhor o tema.

Por que estudar este tema?

É importante você entender que cada conjunção possui uma carga semântica. No caso das subordinativas, essa essência vai se refletir em toda a oração que a segue. Então, conhecer as diferentes classificações vai te ajudar a se expressar de uma forma mais precisa.

Dito isso, vamos ao tema central do artigo. As conjunções subordinativas dividem-se em: causais, concessivas, condicionais, finais, temporais, consecutivas, comparativas, integrantes, conformativas e proporcionais.

Causais

Introduzem uma oração subordinada que denota causa.

ex: porque, já que, pois que, visto que, uma vez que etc.

ex: O pai estava preocupado, porque o filho não havia chegado em casa ainda.

Concessivas

Inicia uma oração subordinada que apresenta um fato contrário à oração principal – faz uma concessão -, mas que não é capaz de contradizê-la.

ex: posto que, embora, conquanto, ainda que, mesmo que, por mais que, apesar de, etc.

ex: O jogo ocorreu normalmente, embora tenha chovido.

PAUSA: Recomendamos muito a leitura deste outro texto que fala sobre a diferença entre orações concessivas e adversativas. Será um belo complemento ao seu estudo.

Condicionais

Começam uma oração subordinada que apresenta uma condição ou uma hipótese.

ex: se, salvo se, contanto que, caso, a não ser que, etc.

ex: Se chover hoje, não iremos ao parque.

VEJA MAIS:  A partícula ‘se’ é um coringa da língua portuguesa. Ela pode exercer várias funções. Assim, vale a pena ler o texto que fizemos descrevendo cada papel que ela pode ocupar.

Finais

Introduzem uma oração subordinada que indica finalidade.

ex: para que, a fim de, porque, para que, etc.

ex: Para que o problema se resolvesse, era necessário que alguém desse o primeiro passo.

Temporais

Iniciam uma oração subordinada que apresenta uma circunstância temporal.

ex: quando, antes que, depois que, até que, logo que, sempre que, assim que, toda vez que, etc.

ex: Toda vez que eu viaja pela estrada de Ouro Fino, de longe eu avistava a figura de um menino.

Consecutivas

Dão início a uma oração subordinada que indica uma consequência da oração anterior.

ex: tal que, tanto que, tão que, de forma que, de maneira que, de sorte que, etc.

ex: O calor estava de tal sorte que a piscina ficou lotada.

Comparativas

Introduzem uma oração que encerra a segunda parte de uma comparação ou de um confronto.

ex: que, do que, mais do que, menos que, maior que, melhor que, tal qual, quanto, tanto, como, bem como, etc.

ex: Mais do que palavras, falam os atos.

Integrantes

Iniciam uma oração que exerce a função de sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo, complemento nominal ou aposto de uma oração.

ex: que e se.

Não vou dizer que você é o culpado.

PAUSA: O ‘que’ é outro curinga da língua portuguesa. Ele cabe em vários papéis. Por isso, preparamos uma texto que detalha todas as funções que ele pode exercer. Trata-se de uma leitura indispensável!

Conformativas

Começam uma oração subordinada que dá ideia de conformidade com um pensamento anteriormente apresentado.

ex: consoante, conforme, como, segundo, etc.

ex: Conforme eu havia dito anteriormente, estudar não é empilhar conhecimento.

Proporcionais

Introduz uma oração subordinada que indica uma relação de simultaneidade.

ex: a medida que, ao passo que, à proporção que, quanto mais…mas, etc.

Quanto mais estudo, mas inteligente fico.

Agora que você já está por dentro de todas as classificações das conjunções subordinativas, que tal ler sobre as conjunções coordenativas?

Veja mais:

***

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– http://clubedoportugues.com.br/clube/

Compartilhe este texto: