Descomplicando o pronome relativo

Pessoal, mais uma dica simples, mas que ajuda bastante na hora da análise morfossintática. Pronome relativo sempre virá depois de  um substantivo ou termo substantivado (por exemplo, oração subordinada subjetiva). Exemplificando: 1 – Dizem que faz mal. O “que” vem depois de um verbo, então não pode ser pronome relativo. Nesse caso, é uma conjunção … Continue lendo Descomplicando o pronome relativo