O que são alterações semânticas?

Entenda as alterações nos significados das palavras

A semântica é o campo da linguística que estuda o significado e a interpretação das palavras, frases, expressões e signos em determinados contextos. Ela também analisa as mudanças de sentido por que passam as formas linguística por conta da passagem do tempo, dos diferentes estratos sociais, dos locais geográficos entre outros. Existem três grandes espécies de alterações semânticas que serão abordados neste texto: extensão, enobrecimento e enfraquecimento do significado. Vejamos!

1) Extensão do significado

Ocorre quando uma palavra tem seu significado expandido de algo específico para algo amplo. Por exemplo, a palavra “embarcar”, em sua origem, designava a ação de entrar em um barco. Contudo, com o passar do tempo, ela sofreu uma alteração semântica e passou a significar a entrada em qualquer tipo de veículo.

ex: Eu cheguei em cima da hora de embarcar no avião.

a) Restrição ou especialização do significado

Outro movimento que pode ocorrer é quando uma palavra polissêmica (aquele que possui vários significados) passa a ser majoritariamente utilizada para indicar um sentido específico.

ex:  A palavra “carta” em latim significa qualquer tipo de escritos e livros. Atualmente, ela representa apenas um correspondência.

Outro fenômeno semântico que pode ocorrer é a abreviatura ou condensação. Ela ocorre um vocábulo indica uma expressão maior.

ex¹: Jato = Avião a jato.

ex²: Champagne = vinho champagne.

 b) Plenitude de significado

É quando uma palavra tem um sentido único e imutável.

ex: Homem, pedra.

2) Enobrecimento do significado

É o tipo de alteração semântica que ocorre quando uma palavra adquire um sentido mais nobre do que o originário. Por exemplo, a palavra “emérito” representava qualquer pessoa que se aposentava. Depois, ela passou a indicar também algo ou alguém distinto ou ilustre.

ex: Luiz é um cidadão emérito, um sujeito exemplar!

b) Degradação do significado

É o fenômeno contrário ao enobrecimento. Ocorre quando um vocábulo passa a ter um significado menos nobre do que o original. Por exemplo, a palavra “libertino” indicava o escravo liberto. Hoje, ela representa o indivíduo devasso, sem pudores.

3) Enfraquecimento do significado

Há palavras que, com o emprego contínuo, vão perdendo sua energia semântica, como explica Evanildo Bechara. Um exemplo é o vocábulo “bajular”. Ele significava originalmente o ato de carregar alguém nas costas. Assim, ele acabou associado à ideia de servidão e tornou-se sinônimo de adular.

ex: Atrás de um aumento, o funcionário começou a bajular o chefe.

Entender o que é semântica e quais as principais alterações que o significado de uma palavra pode ter é importante para realizar uma boa seleção vocabular, escolhendo os termos corretos para compor o seu texto.

***

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– http://clubedoportugues.com.br/clube/

Compartilhe este texto: