Clube do Português

Língua portuguesa para produtores de conteúdo

Tag: Crase (page 1 of 2)

A bordo x À bordo – tem crase?

O correto é a bordo ou à bordo? Devemos utilizar a crase? Neste artigo, vamos acabar com essa dúvida e explicar qual a maneira correta. Vamos lá!

Com crase ou sem crase?

A forma correta é a bordo, sem crase. Bordo é um substantivo masculino e a crase é a junção da preposição a com o artigo feminino a.

O que é a crase?

Crase é a contração de duas letras iguais.

Ela ocorre, por exemplo, quando há o encontro entre a preposição a e o artigo definido feminino.

ex¹: Vou ao museu. => A + O = AO

ex²: Vou à praça. => A + A = À

Recomendamos ler os outros artigos que fizemos sobre a CRASE. Com certeza, seu estudo ficará muito mais completo!

Vale a pena também assistir ao vídeo que fizemos com três casos em que NÃO há crase:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

Compartilhe este texto:

Antes de numeral, tem crase?

Quando utilizar crase antes de numeral?

Antes de numeral tem ou não tem crase?  Via de regra, não se usa o acento grave antes de números, mas há algumas exceções. Neste artigo, vamos detalhar todos os casos. Vamos lá!

PAUSA: Antes de continuar a leitura, vale dar uma olhada no artigo que escrevemos com seis dicas sobre o uso da crase. Leia e volte aqui. Seu estudo ficará muito mais completo.

Sem artigo

Há duas possibilidades de crase:

  1. Preposição ‘a’ + artigo feminino ‘a’;
  2. Pronome demonstrativo ‘aquele’ ou ‘aquela’ + preposição ‘a’.

De maneira geral, os numerais não possuem gênero e também não são acompanhados por artigos (exceto um e dois e os números terminados em entos – trezentos x trezentas). Dessa forma, não há os encontros acima citados.

ex¹: Maria contou de 1 a 20 para não perder a calma.

ex²: Pulei as 10 primeiras páginas do livro e fui direto ao que interessava.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Crase: 5 vídeos para acabar de vez com suas dúvidas

Acaba com suas dúvidas sobre a crase

A crase é o encontro entre letras iguais.  O uso dela é um dos principais pontos de dúvida na hora de produzir conteúdos. Por isso, reunimos nesse artigo 5 vídeos essenciais para você entender de vez como utilizar esse instrumento. Vamos lá!

PAUSA: Antes de assistir aos vídeos, vale a pena você ler o artigo que fizemos para explicar a diferença entre crase e acento grave. Leia e volte aqui! Você terá um entendimento muito mais completo.

3 casos em que NÃO há crase

Tão importante quanto saber quando utilizar crase é saber quando não a utilizar.

LEIA TAMBÉM: Antes de hora se usa crase?

Crase facultativa: 3 casos

Há casos em que você pode escolher se vai ou não utilizar a crase. Perceba porém que essa decisão deve evitar a ambiguidade ou os ruídos de comunicação.

VEJA MAIS: Como funciona a crase antes de pronomes indefinidos.

Continue reading

Compartilhe este texto:

CRASE: à distância x a distância

Quando utilizar a crase?

A distância ou à distância? Usa-se ou não a crase? A resposta é: depende.  Este texto vai detalhar quando utilizar e quando não utilizar. Tudo depende se estamos falando de algo específico ou genérico.

A distância

Quando nos referimos a uma distância indeterminada ou genérica, não usamos a crase.

ex¹: O guarda estava a distância da cena do crime.

ex²: A moça estava a distância da casa.

Continue reading

Compartilhe este texto:

A disposição ou à disposição?

Veja quando utilizar crase antes de ‘disposição’.

Para resolver a dúvida que dá título a este texto, é necessário relembrar o que é crase. Trata-se, de modo geral, do encontro entre duas vogais iguais.

VEJA: A + A = À

O caso mais recorrente de crase é o encontro entre uma preposição e um artigo definido feminino.

PAUSA: Antes de continuar a leitura, vale muito a pena você ler este outro artigo que preparamos com 6 dicas sobre a crase. Ele vai te ajudar a entender melhor este texto. Leia e volte aqui! Seu estudo vai ficar muito mais completo.

Há crase antes de ‘disposição’?

Depende. O primeiro passo para resolver essa dúvida é verificar se existe uma preposição. Isso vai depender da estrutura do texto. Observe:

ex¹: A disposição para fazer exercícios é um passo importante para manter uma vida saudável.

Perceba que na frase não há a presença de uma preposição. Somente do artigo A.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Crase antes de aquele e aquela

Veja quando utilizar a crase antes de pronomes demonstrativos.

A crase é um tema muito recorrente na língua portuguesa e que gera muitas dúvidas.  Neste texto, vamos tratar de um caso especial, que é a crase com os pronomes aquele e aquela. Só lembrando que já tratamos de outros 6 casos em que usamos o acento grave. Dito isso, vamos lá!

O que é mesmo a crase?

Antes de avançarmos, vale lembar que crase é o encontro de letras iguais, no caso entre as letras “a”.

À = A + A

Àquele = A + Aquele

Como identificar se há ou não crase?

Continue reading

Compartilhe este texto:

O que é paralelismo?

Entenda como usar o paralelismo.

Pergunta do leitor: Pode utilizar a seguinte frase: “vou à praia, o cinema e a aula”? Ou necessariamente deverá ser escrito “vou à praia, ao cinema e à aula”  ou “vou a praia, cinema e aula”.

Resposta

Um fator que deve ser um ponto de atenção na hora de escrever é o chamado paralelismo. Esse é o nome que se dá ao uso de estruturas idênticas ou similares. Um texto bem construído deve prezar pelo paralelismo, como forma de obter uma estrutura coerente e coesa. Dito isso, vamos analisar  a dúvida do leitor.

CASO 1 – Vou à praia, o cinema e a aula.

Aqui encontramos uma quebra do paralelismo, mais especificamente, do paralelismo sintático.  O objeto indireto  deve sempre estar ligado ao verbo pela preposição. Isso se aplica também nos casos em que há mais de um objeto direto. Então, o mais correto seria:

ex: Vou à praia, ao cinema e à aula. Continue reading

Compartilhe este texto:

6 dicas sobre a CRASE

Um dos temas que mais despertam dúvidas no estudo da língua portuguesa é o uso da crase. Por isso, reuni aqui tudo que você precisa saber para utilizar bem esse sinal.

1) Crase x Acento grave

O primeiro ponto que você precisa saber é que crase e acento grave não são a mesma coisa.

Crase e acento grave são coisas diferentes

2) Crase facultativa

Há casos especiais em que a crase pode ou não ser utilizada.

Continue reading

Compartilhe este texto:

Sem crase antes de pronome indefinido

A crase é, via de regra, o encontro entre o artigo definido ‘a’ e preposição ‘a’.  Dessa forma, antes de pronomes indefinidos (algum, muitos, pouco, pouca, nenhum etc) NÃO há crase.

Ex1: Fui a algum restaurante em São Paulo.

Ex2: Não assisti a nenhuma partida da última rodada do campeonato brasileiro.

Veja mais:

O que é um pronome indefinido?

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
http://eepurl.com/b5exUr

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues 

Compartilhe este texto:

Antes de hora, usa-se crase?

Uma dúvida recorrente é se devemos ou não utilizar a crase antes de hora.

Só se usa crase antes de hora, se você estiver falando de hora exata.

ex: Cheguei em São Paulo exatamente às três horas da manhã.

Continue reading

Compartilhe este texto:
Older posts