Um homem segura 6 notas de dez euros na mão.

Escrever bem te traz dinheiro, mesmo que você não trabalhe com produção de conteúdo.

Se comunicar de forma efetiva vai te fazer fechar mais negócios e conseguir melhores oportunidades profissionais.

Na minha carreira, aprendi que, para conseguir convencer pessoas a apoiar meus projetos, a mensagem deve ter três elementos indispensáveis.

1) Transparência

Para entender o valor deste ponto, vamos usar um exemplo contrário.

Pense nos contratos de empresas de celular ou de TV por assinatura. Sempre ficamos com a sensação de que elas estão escondendo algo da gente.

Por isso, se você quer o apoio dos outros, seja sincero e honesto na sua comunicação. Deixe claro os pontos positivos e os negativos. Se sua proposta for realmente boa, as pessoas vão aceitá-la, mesmo que contenha alguns riscos.

Começar uma relação com uma mentira é um tiro pé e compromete sua reputação.

2) Objetividade

O tempo é um dos bens mais preciosos que temos. Assim, quanto mais claro e assertivo você for, maior a chance de as pessoas prestarem atenção na sua mensagem.

Aqui a regra é clara: as principais informações devem vir logo no início do seu texto – como bem ensina o professor Othon no seu livro “Comunicação em prosa moderna”.

Nada é mais chato do que ler uma imensa contextualização até chegar ao que realmente interessa.

3) Nível correto de informatividade

Em um texto eficaz, devemos usar informações que o leitor já conhece para introduzir outras que ele ainda não sabe.

De acordo com a professora Ingedore Koch, informatividade é o grau de previsibilidade da informação de um conteúdo.

Quanto mais informações novas, maior a grau de informatividade e vice e versa. Por isso, um erro que muita gente comete é tentar convencer uma pessoa leiga usando linguagem técnica.

O problema é que, se um texto introduz muitas informações desconhecidas pelo leitor, ele acaba se tornando incoerente. A pessoa não consegue entender bulhufas.

Em contrapartida, se o conteúdo só traz coisas já sabidas, ele se torna desinteressante e inútil. É o famoso chover no molhado.

Por isso, é importante saber dosar bem o nível de informatividade.

Você precisa de atenção

Esses três elementos servem para as mais diversas situações e tipos de textos: projetos, propostas comerciais, carta de vendas, e-mails e até para palestras e pitches.

Posso garantir que, se você adotá-los na sua mensagem, muita gente vai te dar atenção. E a atenção é a mãe dos bons negócios.

Gostou do texto? Então, vale a pena assistir ao vídeo que fizemos sobre três prejuízos que os erros de português trazem para sua carreira:

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– https://clubedoportugues.com.br/clube/

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues