Qual será o motivo de a expressão à vista ter crase e a prazo não ter?

Neste artigo, vamos acabar de vez com essa dúvida e apresentar duas regras simples para te ajudar na hora de escrever. Vamos lá!

A prazo

Vamos começar pela segunda parte. Só há crase antes de palavras masculinas se a expressão “à moda” estiver implícita.

Ex: Ele se vestia à Luiz XIV.

No caso da locução a prazo, essa regra não se aplica. Logo, não devemos usar o acento grave.

À vista

à vista leva crase, porque todas as locuções formadas por palavras femininas devem ser craseadas.

Ex: à direita, à moda, à vista.

O acento grave aqui também tem a função semântica, de diferenciador de sentido.

Dizer que vendi a vista, é dizer que me desfiz de um olho.

Logo, para desfazer essa confusão, usamos a crase para deixar claro que se trata de uma locução adverbial de modo.

Gostou do texto? Então, vale a pena assistir a aula completa e gratuita que fizemos sobre a crase:

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

Compartilhe este texto: