Antivírus ou anti-vírus: qual a forma correta? Neste artigo, vamos acabar com essa dúvida e mostrar a regra do uso do hífen com o prefixo anti. Vamos lá!

Hífen com prefixo anti

De acordo com a Reforma Ortográfica, só se deve utilizar hífen com o prefixo anti se a segunda palavra começar com as letras i ou h.

ex: Anti-herói e Anti-inflamatório.

Logo, a palavra antivírus não tem hífen. É importante destacar que os vocábulos derivados também não recebem hífen, como é o caso do termo antiviral.

ex1: A vacina contra a Covid-19 funciona como um antivírus.

ex2: As vacinas têm um efeito antiviral.

Vale lembrar ainda que, se o segundo termo começar com r ou s, essas letras devem ser repetidas.

ex: Antissocial e Antirrevolucionário.

Antivírus tem acento?

Segundo as regras de uso do acento agudo, as palavras paroxítonas terminadas com a letra u (seguida ou não de s) devem ter a sílaba tônica acentuada. É exatamente o caso do termo antivírus. Vale observar que essa regra também se aplica ao vocábulocoronavírus.

Ressalta-se que as paroxítonas são aquelas palavras em que a penúltima sílaba é a tônica.

Origem da palavra antivírus

O termo antivírus é formado por derivação prefixal (anti+vírus).

O prefixo anti tem origem no grego e significa “do lado oposto” ou “em oposição a”. Já a palavra vírus vem do latim virus, que significa “peçonha” ou “veneno”.

Gostou do texto? Então, vale a pena assistir ao vídeo que fizemos sobre se o correto é sociocultural ou sócio-cultural:

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .