Por Pedro Valadares

Categoria: Fonética e fonologia

Encontros vocálicos – ditongo, tritongo e hiato

Os encontros vocálicos definem-se como uma sequência de fonemas (sons) vocálicos numa palavra. Exemplos:

  • muito (sequência vocálica –ui)
  • frequente (sequência vocálica –uen)
  • saguão (sequência vocálica –uão)
  • rainha (sequência vocálica –ai)

Esses encontros são representados por vogais e/ou semivogais, as quais são fonemas considerados vocálicos por não haver, durante suas emissões, nenhum obstáculo – língua, lábios, dentes – que se oponha à corrente de ar vinda dos pulmões.

Vejamos a diferença entre esse fonemas:

Vogal

Vogal é o fonema vocálico que se ouve mais distintamente, pois sua pronúncia é forte. As vogais funcionam como base da sílaba, ou seja, não existe sílaba sem vogal. Mais importante ainda: só existe uma única vogal por sílaba. Esses fonemas são representados na escrita pelas letras A, E, I, O, U e Y.

Exemplos:

  • A: casa (ca-sa)
  • E: escola (es-co-la)
  • I: amigo (a-mi-go)
  • O: olho (o-lho)
  • U: untar (un-tar)
  • Y: hobby (hob-by)
Continue reading

Dígrafo – o que é e como identificar?

O dígrafo define-se como uma sequência de duas letras que representam um só fonema, ou seja, um só som. É o que ocorre na palavra chave, por exemplo, em que a sequência ch é um dígrafo, pois essas duas letras representam um único som, o que nos leva a pronunciar a palavra como se tivesse x: xávi.

Por isso, toda palavra com dígrafo terá o número de letras maior que o número de fonemas. Veja a seguir:

  • chá (3 letras e 2 fonemas)
  • campo (5 letras e 4 fonemas)
  • malha (5 letras e 4 fonemas)
  • queda (5 letras e 4 fonemas)
  • arrastão (8 letras e 7 fonemas)
Continue reading

Encontro consonantal – o que é, como identificar e exemplos

Um encontro consonantal é a sequência de dois ou mais fonemas consonantais numa palavra. Exemplos:

creme (cr)

– regra (gr)

– ritmo ™

tcheco (tch)

psicologia (ps)

Classificação

Podemos classificar os encontros consonantais em perfeitos e imperfeitos.

1) Encontro consonantal perfeito: também chamado de grupo consonantal, é inseparável, pois os fonemas consonantais pertencem a uma mesma sílaba.

Os mais comuns são os que têm como segunda consoante as letras L ou R:

bloco (blo-co), clima (cli-ma), flores (flo-res), glória (gló-ria), duplo (du-plo), atlas (a-tlas)

branco (bran-co), lacrar (la-crar), sofrer (so-frer), grande (gran-de), prato (pra-to), letra (le-tra)

No entanto, há outros encontros perfeitos não muito incidentes nas palavras, mas que também merecem atenção. São eles: gn, mn, pn, ps, pt, tm, cz.

gnomo (gno-mo), mnemônico (mne-mô-ni-co), pneu (pneu), psicótico (psi-có-ti-co), ptialina (pti-a-li-na), czar (czar).

2) Encontro consonantal imperfeito: também chamado de encontro consonantal disjunto, é separável, pois cada fonema consonantal pertence a uma sílaba.

– absoluto (ab-so-lu-to), convião (con-vic-ção), pacto (pac-to), advento (ad-ven-to), nafta (naf-ta), ritmo (rit-mo), apto (ap-to).

Continue reading

Paroxítona – o que é, como identificar e exemplos

Uma palavra paroxítona é aquela em que o acento tônico recai sobre a sua penúltima sílaba, como nas palavras proibido (pro-i-bi-do) e cil (-cil).

Para entender melhor, precisamos revisitar alguns conceitos.

Sílaba tônica e sílaba átona

Numa palavra, nem todas as sílabas são pronunciadas com a mesma intensidade. Faça o teste com a palavra coração e fale-a em voz alta repetidas vezes. Perceba como a sílaba –ção soa mais forte que as sílabas –co e –ra.

Dessa forma, classificamos as sílabas conforme a intensidade como são pronunciadas. Assim temos:

Sílaba tônica: aquela pronunciada com alta intensidade.

– a-mar

mai-o

– co-ra-ção

pês-se-go

– pro--ti-po

Perceba como sempre há apenas uma sílaba tônica por palavra e ela se encontra em uma das três sílabas finais (caso a palavra apresente três sílabas).

Sílaba átona: aquela pronunciada com baixa intensidade.

a-mar

– mai-o

cora-ção

– pês-sego

pro-tó-tipo

Continue reading

Hiato – o que é e como identificar?

O hiato é um tipo de encontro vocálico que se define por ser o encontro de duas vogais numa palavra não separada silabicamente. Exemplos:

– ps

– enjoar

– sda

– piada

– ruim

Como só é possível haver uma vogal por sílaba, ao realizarmos a divisão silábica dessas palavras, cada vogal do hiato se encontrará em uma sílaba diferente da outra. Veja:

– país

– en-jo-ar

– sa-í-da

– pi-a-da

– ru-im

Continue reading

Ditongo: o que é e como identificar?

Antes de estudarmos o que é um ditongo, é necessário relembrar a diferença entre vogal e semivogal. Vejamos!

Vogal

Vogal é o fonema vocálico que se ouve mais distintamente, pois sua pronúncia é forte. As vogais funcionam como base da sílaba, ou seja, não existe sílaba sem vogal. Mais importante ainda: só existe uma única vogal por sílaba.

Semivogal

Semivogal é o fonema vocálico com pronúncia mais fraca, com baixa intensidade, por isso não constitui sílaba sozinho e sempre acompanha uma vogal. Somente as vogais /i/ e /u/ podem funcionar também como semivogais. Quando isso ocorre, serão representadas pelos fonemas /y/ e /w/, respectivamente.

Importante saber que os dois fonemas são vocálicos pelo fato de não haver, durante sua emissão, nenhum obstáculo – língua, lábios, dentes – que se oponha à corrente de ar vinda dos pulmões.

Continue reading

Proparoxítona – tudo que você precisa saber

Música, antídoto, último, acadêmico, sonâmbulo – o que essas palavras têm em comum? Todas são proparoxítonas. Neste texto, vamos explicar melhor esse conceito e suas características.

Tonicidade

Antes de avançarmos, é importante relembrar algumas classificações. As palavras com mais de duas sílabas são classificadas de acordo com a posição da sílaba tônica em três grupos:

  • OXÍTONA – Sílaba tônica é a última: picolé, chulé, chaminé.
  • PAROXÍTONA – Sílaba tônica é a penúltima: caráter, difícil, médio.
  • PROPAROXÍTONA – Sílaba tônica é a antepenúltima: máximo, médico, penúltima.

Pronto! Agora que você já sabe o que é uma proparoxítona, vamos conhecer as características desse tipo de vocábulo.

Continue reading

Fonética articulatória, acústica e auditiva – qual a diferença?

A imagem mostra uma menina e um robô e simboliza como os conceitos de fonética articulatória, acústica e auditiva vêm sendo usados no campo da inteligência artifical.
Esses conceitos vêm sendo usados no campo da Inteligência Artificial

A fonética é o campo da gramática que, segundo o professor Napoleão Mendes de Almeida, estuda os vários sons ou fonemas linguísticos.

Ela se divide em três áreas: articulatória, acústica e auditiva. Neste artigo, você vai entender cada uma delas. Vamos lá!

1) Fonética articulatória

Esse ramo da fonética estuda como os sons são produzidos no aparelho fonador (veja imagem abaixo):

A imagem mostra um aparelho fonador do corpo humano.

Antes de avançarmos com as explicações, é importante diferenciar dois conceitos: voz e fala.

Segundo, Izabel Seara, Vanessa Nunes e Cristiane Lazzarotto-Volcão, a voz pode ser definida como o som produzido a partir da vibração das pregas vocais. Já a fala é o resultado da articulação desse som.

Dito isso, vale destacar que esse segmento busca avaliar as propriedades articulatórias, que, segundo Markus Dicknson, Chris Brew e Detmar Meurers, são três:

Continue reading

RUIM: qual a pronúncia correta?

 

 

 

ruim

Qual a pronúncia correta?

Muita gente pronuncia a palavra ruim como um monossílabo tônico, com ênfase na letra U. Será que essa é forma correta? Vejamos!

Hiato

Um hiato ocorre quando vogais se separam na divisão silábica.

ex¹: Jo-e-lho;

ex²: Ru-im.

Isso mesmo! Ruim não é um monossílabo tônico. É uma palavra de duas sílabas – uma dissílaba. Em palavras que contêm hiato, a sílaba tônica fica, via de regra, na segunda vogal. Logo, a pronúncia correta é ruIM (“ruím”).

Veja mais no vídeo:

PS: Há um pequeno erro de digitação em uma das legendas. A grafia correta é DISSÍLABA.

***

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– https://clubedoportugues.com.br/clube/

© 2021 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑