As palavras compostas formadas pelo falso prefixo auto devem ou não ser separadas por hífen? Neste artigo, vamos mostrar as regras que se aplicam a esse caso. Vejamos!

Com hífen

Usa-se hífen com palavras compostas iniciadas com prefixo auto se o termo posterior começar com O ou H.

Ex: auto-hipnose, auto-orgulho, auto-hemoterapia, etc.

Sem hífen

Nos demais casos, o prefixo auto não pede hífen.

Ex: autoescola, autopeças, autoestima, autodisciplina, etc.

Palavras com R e S

Quando a segunda palavra terminar com R ou S, não se usa o hífen e essa letras devem ser dobradas:

Ex: autorregulação, autossustentável, autosserviço, autorretrato, etc.

Falso prefixo

Auto é considerado um falso prefixo. Para entender melhor esse conceito, é necessário antes compreender o que é um prefixo.

Um prefixo é um termo que se junta a outra palavra para formar um novo termo, com um novo significado. Apesar de possuir um significado por si só, a função principal do prefixo é formar outros vocábulos.

Já o falso prefixo é um termo que, conquanto tenha aparência e funcione como prefixo, possui seu próprio radical, ou seja, ele poderia ser utilizado de forma isolada, sem precisar do complemento de outro vocábulo.

Dito de outra forma, trata-se de uma palavra que surgiu como termo independente e, com o tempo, passou a ser utilizada como prefixo.

Outros exemplos de falsos prefixos são: contra, pseudo e semi.

Gostou do texto? Então, vale a pena assistir ao vídeo que fizemos sobre se a forma correta é sul-americano ou sulamericano:

Leia também:

Infográfico

No infográfico abaixo, preparamos um resumo completo do uso do hífen com o prefixo auto:

Infográfico – uso do hífen com prefixo