A forma correta é ideia, sem acento. A grafia da palavra foi alterada pela Reforma Ortográfica. Neste artigo, vamos explicar qual regra se aplica ao caso. Vejamos!

Ditongos abertos

Até 1º de janeiro de 2016, quando o Acordo Ortográfico entrou definitivamente em vigor, a grafia idéia, com acento agudo, era aceita na língua portuguesa.

Contudo, com a vigência da Reforma Ortográfica, apenas a palavra ideia, sem acento, passou a ser considerada correta.

Isso porque, segundo as novas regras, os ditongos abertos “ei” e “oi” nas palavras paroxítonas deixaram de ser acentuados. Vejamos alguns exemplos antes e depois da acordo.

ANTES DO ACORDODEPOIS DO ACORDO
IdéiaIdeia
JibóiaJiboia
AssembléiaAssembleia
EuropéiaEuropeia
BóiaBoia
HeróicoHeroico
ParanóicoParanoico

Atenção! Nas palavras oxítonas, aquelas que têm a última sílaba como a tônica, os ditongos abertos continuam acentuados.

ex: herói, pastéis, dói, corrói, papéis, etc.

Significado e classificação de ideia

A palavra ideia é um substantivo abstrato feminino, que vem do latim idéa. A termo designa um pensamento, uma percepção intelectual, uma lembrança ou uma memória. Vejamos alguns casos de uso desse vocábulo:

  • Precisamos de ideias para o novo projeto.
  • Não faço ideia do que aconteceu aqui.
  • Que ótimas ideias!

*

Gostou do texto? Então, continue seus estudos com nosso Guia Completo da Crase.