Saiba identificar um advérbio.

O advérbio é um termo muito importante para a construção de orações. Neste texto, você vai entender o significado e quando utilizar essa tipo de vocábulo.

O que é advérbio?

É a palavra que pode modificar o verbo, o adjetivo e o próprio advérbio. Vale destacar ainda que trata-se de um termo invariável, ou seja, não possui flexão de número e de gênero. Veja:
  • Fui à casa da Maria.
  • Fui à casa da Maria hoje.
Perceba que o advérbio hoje acrescentou uma circunstância de tempo ao verbo ir (fui). Note:
  • Hoje está quente.
  • Hoje está muito quente.
Observe que o adverbio muito acrescentou uma ideia de intensidade ao adjetivo quente.

Locução adverbial

Quando um advérbio é composto por duas ou mais palavras (e até mesmo por uma oração), chamamos de locução adverbial.ex¹: Às vezes, chego em casa tão cansado que vou direto para a cama.ex²: Ele falou de improviso.ex³: Na verdade, ele se confundiu na hora de recitar a poesia.

Adjunto adverbial

Os advérbios e locuções adverbiais ocupam a função sintática de adjunto adverbial.Exemplos de adjuntos adverbiais:
  • Ele saiu de casa rapidamente.
  • De manhã, Maria costuma sair para correr.
  • Joana trabalha enquanto os filhos estão na escola.

Orações adverbiais

Ocorre quando uma oração subordinada ocupa a função de adjunto adverbial.ex: Quando cheguei em casa, minha mãe já havia saído.Veja que a oração “quando cheguei em casa” acrescenta uma circunstância de tempo à oração “minha mãe já havia saído”.

Flexão dos advérbios

Apesar de não variar em gênero e número, os advérbios possuem flexo de grau. Há dois tipos – grau comparativo e grau superlativo.

Comparativo

O grau comparativo é utilizado em três casos diferentes:
  • De igualdade: tão + advérbio + quanto
ex: Maria estuda tão rápido quanto João.
  • De inferioridade: menos + advérbio + que
ex: Maria estuda  menos rápido que João.
  • De superioridade: mais + advérbio + que
ex: Maria estuda mais rápido que João.
  • Forma sintética: melhor ou pior que
ex: A comida feita em casa é melhor que a feita nos restaurantes.

Superlativo

O superlativo pode ser:
  • Analítico – formado pela combinação de dois advérbios
ex: João pulou muito alto.
  • Sintético formado com sufixos
ex: João pulou altíssimo.

*

Quer aprofundar seus conhecimentos na língua portuguesa? Então, continue seus estudos com a Gramática On-line do Clube do Português.

*

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua.