Afinal a forma correta é ômicron, ómicron ou omicron? Neste artigo, vamos explicar a maneira correta de escrever o nome dessa variante coronavírus. Vejamos!

Proparoxítona

No caso em análise, estamos diante de uma palavra proparoxítona. Isso quer dizer que a antepenúltima sílaba do termo é a tônica, ou seja, a mais forte.

Na língua portuguesa, todas as proparoxítonas são acentuadas. Dito isso, sobram-nos duas opções: ômicron e ómicron. Qual é a a grafia certa? As duas!

Trata-se apenas de uma variação local: no português brasileiro, usa-se o acento circunflexo; já no português de Portugal, usa-se o acento agudo.

Qual o significado de ômicron?

Ômicron é nome da décima letra do alfabeto grego, que corresponde à letra “o” do nosso alfabeto.

Atualmente, esse termo também dá nome a uma das variantes do coronavírus. Isso porque a Organização Mundial de Saúde criou o critério de nomear as variantes de preocupação (conhecidas pela sigla em inglês VOC) e as variantes de interesse (VOI) com letras do alfabeto grego.

Vale destacar que o nome técnico da variante é B.1.1.529.

A ômicron x O ômicron

É importante ressaltar que, segundo o Vocabulário Oficial da Língua Portuguesa (Volp), da Academia Brasileira de Letras, o substantivo ômicron é masculino.

Contudo, no caso do vírus da Covid, como o substantivo feminino “variante” fica subentendido, é aceitável usar “a ômicron”.

ex: A ômicron se prolifera mais rapidamente que as outras variantes da doença.

Para finalizar, vale pontuar que, de acordo com o dicionário Priberam, a palavra possui duas formas de plural: omícrones ou ômicrons.

*

Quer aprofundar seus conhecimentos na língua portuguesa? Então, continue seus estudos com a Gramática On-line do Clube do Português.