Música, antídoto, último, acadêmico, sonâmbulo – o que essas palavras têm em comum? Todas são proparoxítonas. Neste texto, vamos explicar melhor esse conceito e suas características.

Tonicidade

Antes de avançarmos, é importante relembrar algumas classificações. As palavras com mais de duas sílabas são classificadas de acordo com a posição da sílaba tônica em três grupos:

  • OXÍTONA – Sílaba tônica é a última: picolé, chulé, chaminé.
  • PAROXÍTONA – Sílaba tônica é a penúltima: caráter, difícil, médio.
  • PROPAROXÍTONA – Sílaba tônica é a antepenúltima: máximo, médico, penúltima.

Pronto! Agora que você já sabe o que é uma proparoxítona, vamos conhecer as características desse tipo de vocábulo.

Acentuação

As proparoxítonas são as palavras preferidas de quem estuda acentuação, porque todas são acentuadas. Quer dizer, quase todas. Como diz o ditado: para toda regra, há uma exceção.

Nesse caso, os termos que saem da regra são os de origem estrangeira, como deficit, superavit ou performance. Vale destacar que os dois primeiros casos já possuem versões acentuadas aceitas pelos gramáticos (déficit e superávit). Essas grafias, contudo, ainda não foram registradas no Vocabulário Oficial da Língua Portuguesa (Volp).

Proparoxítonas aparentes

Há palavras que, por serem terminadas em ditongos crescentes, podiam ser classificadas tanto como paroxítonas quanto como proparoxítonas.

Ex1: História (His-tó-ri-a ou His-tó-ria);

Ex2: Gênio (Gê-ni-o ou Gê-nio);

Ex3: Mágoa (Má-go-a ou Má-goa).

Como você viu acima, nós dissemos “podiam”, porque o Acordo Ortográfico trouxe um novo entendimento. Desde a entrada em vigor da Reforma Ortográfica, esses vocábulos passaram a ser classificados somente como proparoxítonos.

Falsas proparoxítonas

Algumas palavras, por conta de erros de pronúncia, são consideradas falsas proparoxítonas. O caso mais famoso é “rubrica”.  A sílaba tônica do termo é a penúltima (ru-BRI-ca), ou seja, trata-se de uma paroxítona.

Outros casos recorrentes de paroxítona que são pronunciadas erroneamente como proparoxítonas são “pudico” (pu-DI-co) e “recorde” (re-COR-de).

Gostou do artigo, então vale a pena conferir nosso vídeo sobre o acento diferencial e a Reforma Ortográfica: