Por Pedro Valadares

Tag: Crase (Page 2 of 4)

Modéstia a parte x Modéstia à parte – qual a forma correta?

A forma correta é modéstia à parte ou modéstia a parte? Tem ou não tem crase? Neste artigo, vamos tirar essa dúvida e explicar melhor o uso do acento grave. Vamos lá!

Crase

Crase é a contração de duas letras iguais.

Ela ocorre, por exemplo, quando há o encontro entre a preposição a e o artigo definido feminino.

ex¹: Vou ao museu. => A + O = AO

ex²: Vou à praça. => A + A = À

Continue reading

A prazo x À prazo – qual a forma correta?

Maria realizou uma compra à prazo ou a prazo? Tem ou não tem hífen? Neste artigo, vamos resolver essa questão e explicar melhor o uso da crase. Vamos lá!

Crase

Para descobrir a forma correta, vale a pena relembrar o que é a crase. Trata-se do encontra de duas letras iguais. Veja:

A + A = À

É comum encontrarmos a crase, quando há uma fusão do artigo definido feminino A com a preposição A ou então quando se junta a preposição A com os pronomes demonstrativos AQUELE, AQUELA, AQUELES e AQUELAS.

ex¹:  Mariana foi à praia. => (Artigo + Preposição);

ex²: Esta casa pertence àquele senhor. => (Preposição + Pronome Demonstrativo).

Continue reading

A bordo x À bordo – tem crase?

O correto é a bordo ou à bordo? Devemos utilizar a crase? Neste artigo, vamos acabar com essa dúvida e explicar qual a maneira correta. Vamos lá!

Com crase ou sem crase?

A forma correta é a bordo, sem crase. Bordo é um substantivo masculino e a crase é a junção da preposição a com o artigo feminino a.

O que é a crase?

Crase é a contração de duas letras iguais.

Ela ocorre, por exemplo, quando há o encontro entre a preposição a e o artigo definido feminino.

ex¹: Vou ao museu. => A + O = AO

ex²: Vou à praça. => A + A = À

Gostou deste post? Aprofunde ainda mais seus conhecimentos com nosso guia completo da crase.

Vale a pena também assistir à aula completa sobre a crase que preparamos para você:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um novo site).

Antes de numeral, tem crase?

crase

Quando utilizar crase antes de numeral?

Antes de numeral tem ou não tem crase?  Em regra, não se usa o acento grave antes de números, mas há algumas exceções. Neste artigo, vamos detalhar todos os casos. Vamos lá!

PAUSA: Antes de continuar a leitura, vale dar uma olhada no artigo que escrevemos com seis dicas sobre o uso da crase. Leia e volte aqui. Seu estudo ficará muito mais completo.

Sem artigo

Há duas possibilidades de crase:

  1. Preposição ‘a’ + artigo feminino ‘a’;
  2. Pronome demonstrativo ‘aquele’ ou ‘aquela’ + preposição ‘a’.

De maneira geral, os numerais não possuem gênero e também não são acompanhados por artigos (exceto um e dois e os números terminados em entos – trezentos x trezentas). Dessa forma, não há os encontros acima citados.

ex¹: Maria contou de 1 a 20 para não perder a calma.

ex²: Pulei as 10 primeiras páginas do livro e fui direto ao que interessava.

Continue reading

Crase: 5 vídeos para acabar de vez com suas dúvidas

vídeos sobre a crase

Acaba com suas dúvidas sobre a crase

A crase é o encontro entre letras iguais.  O uso dela é um dos principais pontos de dúvida na hora de produzir conteúdos. Por isso, reunimos nesse artigo 5 vídeos essenciais para você entender de vez como utilizar esse instrumento. Vamos lá!

PAUSA: Antes de assistir aos vídeos, vale a pena você ler o artigo que fizemos para explicar a diferença entre crase e acento grave. Leia e volte aqui! Você terá um entendimento muito mais completo.

3 casos em que NÃO há crase

Tão importante quanto saber quando utilizar crase é saber quando não a utilizar.

LEIA TAMBÉM: Antes de hora se usa crase?

Crase facultativa: 3 casos

Há casos em que você pode escolher se vai ou não utilizar a crase. Perceba porém que essa decisão deve evitar a ambiguidade ou os ruídos de comunicação.

VEJA MAIS: Como funciona a crase antes de pronomes indefinidos.

Continue reading

CRASE: à distância x a distância

Veja como utilizar crase antes de distância

Quando utilizar a crase?

A distância ou à distância? Usa-se ou não a crase? A resposta é: depende.  Este texto vai detalhar quando utilizar e quando não utilizar. Tudo depende se estamos falando de algo específico ou genérico.

A distância

Quando nos referimos a uma distância indeterminada ou genérica, não usamos a crase.

ex¹: O guarda estava a distância da cena do crime.

ex²: A moça estava a distância da casa.

Continue reading

À disposição x A disposição – tem crase?

Crase

Veja quando utilizar crase antes de ‘disposição’.

À disposição x A disposição: as duas formas existem na língua portuguesa, mas são usadas em situações distintas. Neste artigo, vamos mostrar qual o sentido e quando utilizar cada uma. Vamos lá!

Crase

Para resolver a dúvida que dá título a este texto, é antes necessário relembrar o que é crase. Trata-se, de modo geral, do encontro entre duas vogais iguais.

VEJA: a + a = à

O caso mais recorrente de crase é a fusão entre uma preposição e um artigo definido feminino.

À disposição

No português, todas as locuções adverbiais com núcleo feminino têm crase. É exatamente o caso de à disposição.

Continue reading

Crase antes de aquele e aquela

Pronome e preposição

Veja quando utilizar a crase antes de pronomes demonstrativos.

A crase é um tema muito recorrente na língua portuguesa e que gera muitas dúvidas.  Neste texto, vamos tratar de um caso especial, que é a crase com os pronomes aquele e aquela. Só lembrando que já tratamos de outros 6 casos em que usamos o acento grave. Dito isso, vamos lá!

O que é mesmo a crase?

Antes de avançarmos, vale lembar que crase é o encontro de letras iguais, no caso entre as letras “a”.

À = A + A

Àquele = A + Aquele

Como identificar se há ou não crase?

Continue reading

O que é paralelismo?

Definição de paralelismo

Entenda como usar o paralelismo.

Pergunta do leitor: Pode utilizar a seguinte frase: “vou à praia, o cinema e a aula”? Ou necessariamente deverá ser escrito “vou à praia, ao cinema e à aula”  ou “vou a praia, cinema e aula”.

Resposta

Um fator que deve ser um ponto de atenção na hora de escrever é o chamado paralelismo. Esse é o nome que se dá ao uso de estruturas idênticas ou similares. Um texto bem construído deve prezar pelo paralelismo, como forma de obter uma estrutura coerente e coesa. Dito isso, vamos analisar  a dúvida do leitor.

CASO 1 – Vou à praia, o cinema e a aula.

Aqui encontramos uma quebra do paralelismo, mais especificamente, do paralelismo sintático.  O objeto indireto  deve sempre estar ligado ao verbo pela preposição. Isso se aplica também nos casos em que há mais de um objeto direto. Então, o mais correto seria:

ex: Vou à praia, ao cinema e à aula. Continue reading

« Older posts Newer posts »

© 2020 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑