Língua Portuguesa, Literatura e Alfabetização

Tag: derivação sufixal

Enchente x Enxente – qual a forma correta?

A grafia correta é enchente, com “ch”. A palavra escrita com “x” (enxente) está errada e não deve ser utilizada. Neste artigo, vamos fazer uma análise completa sobre esse termo. Vejamos!

X ou CH?

O termo enchente é formado por derivação sufixal a partir do verbo encher (encher + -ente). Por essa razão, a palavra é escrita com “ch”, e não com “x”.

A fato de o verbo ser escrito com “ch” é uma exceção à regra ortográfica que diz que após a sílaba inicial en- deve vir um “x” (ex: enxada, enxurrada, enxame, enxugar, etc.).

Vale ressaltar que todos os vocábulos derivados de encher devem ser grafados com “ch”:

  • Enchimento;
  • Encheção;
  • Enchido.
Continue reading

Qual o plural de ermitão?

Afinal de contas, qual o plural da palavra ermitão? Neste artigo, vamos resolver essa dúvida. Vejamos!

Três plurais

O substantivo ermitão, segundo o dicionário Aulete, possui três formas de plural distintas: ermitões, ermitães e ermitãos. Vejamos exemplos de uso dessas três palavras:

  • Os ermitões são pessoas que vivem isoladas.
  • Na minha vida, nunca tive contato com ermitães.
  • Naquela ermida, vivem muitos ermitãos.

Esse fenômeno, em que uma mesma palavra possui diferentes grafias, é chamado de formas gráficas variantes ou formas variantes

Isso ocorre em decorrência do processo de formação da língua e do contexto social. Apesar de haver sempre uma grafia mais recorrente, todas as formas estão certas e de acordo com a ortografia do idioma.

Continue reading

Rédea x Rédia – qual a forma correta?

Rédea e rédia são duas palavras que existem na língua portuguesa. Contudo, elas possuem significados muito diferentes. Neste artigo, vamos mostrar a definição e quando usar cada um desses termos. Vejamos!

Rédea

Rédea é o instrumento utilizado para montar animais, como cavalos e touros. O dicionário Aulete traz a seguinte definição para a palavra: “correia presa ao freio e com que se conduz a montaria ou o animal de tração”.

O termo é um substantivo feminino uniforme. Isso significa que ele não possui variação de gênero. É usado sempre na forma feminina.

ex: A mãe levava a educação das crianças na rédea curta.

O vocábulo tem origem no latim retina, que significa reter, reprimir, conservar, manter, guardar.

Continue reading

© 2022 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑