Língua Portuguesa e Literatura

Tag: indicativo

Tempos verbais: conceito e exemplos

Tempo verbal é uma das flexões do verbo, o qual também pode flexionar em modo, número e pessoa. Dentre essas variações, o tempo é a única que indica a relação de presente, pretérito (ou passado) e futuro entre o fato expresso no discurso e o momento do ato de fala.

Na prática, o nosso ato de fala só pode ocorrer no tempo presente, pois é somente nele que vivemos, enquanto o nosso discurso, além de poder expressar um fato do presente, também pode expressar um fato do pretérito ou do futuro. Isso só é possível por causa dos verbos, única classe gramatical que nos permite “viajar” no tempo por meio do discurso.

Agora, imagine a seguinte situação: você está no trabalho lendo os artigos do Clube do Português, quando o seu chefe o interrompe para dar a seguinte notícia:

Estou muito feliz! O nosso cliente da Bélgica fechou o contrato! Viajaremos para lá na sexta-feira que vem para encontrá-lo, ok?”

Perceba que no discurso acima temos três verbos em negrito, e cada um deles está em um tempo verbal. Vejamos o porquê:

“Estou” – verbo no tempo presente, porque indica que o fato em questão (a felicidade do seu chefe) ocorre no mesmo momento em que ele fala.

“Fechou” – verbo no tempo pretérito, porque indica que o fato em questão (o fechamento do contrato) ocorreu antes do momento da fala do seu chefe.

“Viajaremos” – verbo no tempo futuro, porque indica que o fato em questão (a viagem a trabalho) ocorrerá somente após o momento da fala do seu chefe.

Entendido isso, vamos conhecer os desdobramentos que cada um desses três tempos verbais sofre dentro de cada modo verbal.

Continue reading

Quais são os modos verbais?

Modos-verbaisOs modos verbais são três: indicativo, subjuntivo e imperativo. Neste artigo, vamos detalhar quando e como utilizar cada um. Vejamos!

Indicativo

O modo indicativo é utilizado em sentenças que são tidas como reais ou verdadeiras. Vejamos alguns exemplos do uso desse modo:
  • Ele vem para casa tarde.
  • Maria tinha uma cadelinha linda.
  • Maurício virá amanhã pela manhã.
O modo indicativo apresenta seis tempos verbais:
  • Presente;
  • Pretérito perfeito;
  • Pretérito imperfeito;
  • Pretérito mais-que-perfeito;
  • Futuro do presente;
  • Futuro do pretérito.

Subjuntivo

O modo subjuntivo  indica algo que é provável, duvidoso ou hipotético. As frases no subjuntivo, em geral, são introduzidas pelos termos “se” e “que”.  Vejamos alguns casos de utilização desse modo verbal:
  • Se chovesse hoje, eu iria estrear meu guarda-chuva novo.
  • Que ele fale logo o que precisa ser falado!
  • Se falarmos disso amanhã na reunião, podemos criar resistências.
O subjuntivo apresenta três tempos verbais:
  • Presente;
  • Pretérito imperfeito;
  • Futuro.

Imperativo

O modo imperativo representa uma ordem, súplica ou conselho. Esse modo visa gerar uma ação em outras pessoas. Vejamos algumas frase no imperativo:
  •  Ajudem-me, por favor!
  • Venha aqui agora!
  • Não compre esse tipo de produto.
O imperativo não possui tempos verbais. Ele é utilizado em duas formas: imperativo positivo e imperativo negativo.Gostou do texto? Então, vale a pena assistir ao vídeo sobre quando usar devia e deveria:***Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua.*Quer aprofundar seus conhecimentos na língua portuguesa? Então, continue seus estudos com a Gramática On-line do Clube do Português.