autonomia

O verdadeiro sentido da aprendizagem da língua portuguesa é a expansão da autonomia do indivíduo

Muitas pessoas acham que o estudo da língua portuguesa é uma chatice e consideram que entender as regras gramaticais é um mero formalismo desinteressante.

Essa situação se deve, em parte, ao fato de que grande parte do nosso sistema educacional ser focado não na aprendizagem em si, mas sim na instrução. Os alunos são estimulados a decorar regras fora de contexto, que serão esquecidas pouco tempo depois.

Nesse contexto, perde-se a dimensão que a aprendizagem e o entendimento pleno das regras da língua tem de dar autonomia ao indivíduo.  Como bem destaca o parceiro Henrique Bastos, autonomia é a capacidade de se relacionar de igual para igual com qualquer outra pessoa em toda a rede social. 

Continue reading