Língua Portuguesa e Literatura

Tag: literacia familiar

Contatos com a escrita – o que é e como praticar?

No contexto da Literacia Familiar, as práticas de contatos com a escrita dividem-se em dois grupos: exposição à escrita e práticas da escrita.

A exposição à escrita objetiva colocar as crianças em contato com os mais variados materiais escritos, além de chamar a atenção para a presença da escrita em sua vida cotidiana. Desse modo, as crianças compreendem que a escrita possui inúmeros propósitos e funções.

Mais além estão as práticas da escrita, as quais visam incentivar as crianças a exercitarem a escrita desde cedo. Normalmente, inicia-se por desenhos, avança para as grafias inventadas, depois para as letras, para a formação de palavras e frases e chega a textos simples e complexos. Com isso, as crianças exercitam a coordenação motora fina e descobrem mais uma forma de expressão — os textos.

Portanto, ao executar tais práticas com seu filho, você estará ajudando-o a reconhecer que vive cercado de textos e que também é capaz de produzi-los.

Continue reading

Narração de histórias – qual a importância para a alfabetização?

A narração de histórias é uma importante prática de Literacia Familiar e consiste em contar histórias em voz alta.

Sua aplicação no seio familiar favorece o desenvolvimento de habilidades relacionadas à compreensão oral das crianças, transmite valores importantes para a vida, dá asas à imaginação e proporciona um momento especial entre pais e filhos.

Onde e quando praticar a narração de histórias?

A narração de histórias pode ser realizada em qualquer lugar, pois é necessário apenas que você e seu filho estejam juntos. Além disso, pode ser realizada sem qualquer recurso material, o que facilita a sua aplicação.

A outra grande vantagem dessa prática é poder encaixá-la facilmente em diversos momentos do cotidiano familiar. Os pais podem contar histórias para os filhos ao acordar, durante as refeições, no caminho para a escola, no carro, no transporte público, no banho, nos passeios de família, antes de dormir… Ou seja, as possibilidades são inúmeras!

Ademais, não há restrições de idade quando falamos de ouvir histórias. Da gestação até a vida adulta, conte histórias para seu filho!

Continue reading

Alfabetização – qual a idade correta para ler e escrever?

A sociedade está sempre repleta de convenções que funcionam muito bem na maioria das vezes, mas que, em outros momentos, precisam ser adaptadas para lidar com características individuais. Isso é muito verdade quando a questão é ter ou não uma idade certa para aprender a ler e escrever. Afinal, temos aqui um padrão ou uma conveniência?

Oficialmente, o processo de alfabetização começa no primeiro ano do Ensino Fundamental, por volta dos 6 anos, e espera-se que os alunos saibam ler e escrever por volta de 8 a 9 anos de idade, já no terceiro ano. Existem escolas, contudo, que iniciam a alfabetização por volta dos 4 anos de idade – e com isso, com menos de 7 anos, essas crianças já estão alfabetizadas de fato.

Importante ressaltar que as pesquisas neurocientíficas indicam que o processo iniciado por uma criança de 6 anos de idade já apta às habilidades de leitura e escrita é concluído entre os 7 anos e meio e os 7 anos e 8 meses.

Continue reading

Leitura dialogada – o que é e como fazer?

A leitura dialogada é uma das práticas de Literacia Familiar mais importantes no processo de desenvolvimento da linguagem das crianças.

Essa prática consiste na conversa entre adultos e crianças antes, durante e após a leitura em voz alta de algum livro. Dessa forma, por meio de perguntas e respostas, o ato de leitura torna-se um momento de bate-papo entre pais e filhos.

Acompanhe a seguir todos os benefícios dessa prática e como praticá-la.

Quais são os benefícios da leitura dialogada?

Primeiramente, a prática contínua da leitura dialogada fortalece os laços afetivos entre pais e filhos. Além disso, traz benefícios para todas as fases de desenvolvimento de seu filho. Veja:

Na primeira infância:

– favorece o desenvolvimento de habilidades, atitudes e conhecimentos facilitadores do processo de alfabetização.

Com crianças maiores e com adolescentes:

– reforça conhecimentos e habilidades adquiridos na escola;

– estimula o desenvolvimento da linguagem;

– estimula o amor pela leitura, pois os filhos ficam mais motivados a se tornar leitores por toda a vida.

Continue reading

Interação verbal – o que é e como fazer?

Uma das formas mais eficazes de ajudar os filhos no processo de alfabetização é por meio das práticas de Literacia Familiar. Ao todo, temos seis práticas:

  1. Interação verbal
  2. Leitura dialogada
  3. Narração de histórias
  4. Contatos com a escrita
  5. Atividades diversas
  6. Motivação

Dentre elas, a interação verbal, junto da leitura dialogada, é uma das mais importantes no processo de desenvolvimento da linguagem das crianças.

Veja a seguir o que é e como praticar a interação verbal.

O que é interação verbal na Literacia Familiar?

A interação verbal é a prática de Literacia Familiar que objetiva aumentar a quantidade e a qualidade dos diálogos entre adultos e crianças.

Em outras palavras, a interação verbal apresenta às crianças palavras novas e dá a elas os subsídios necessários para que transmitam informações importantes e expressem-se da forma mais clara possível.

Para praticar a interação verbal com os filhos, não é necessário investir em materiais didáticos caros. Basta apenas que os pais aproveitem as oportunidades do dia a dia para realizar conversas que estimulem o desenvolvimento linguístico dos pequenos.

Continue reading

Conheça os 7 facilitadores da alfabetização

O desenvolvimento da linguagem de uma criança é influenciado diretamente pela sua família. Ainda que, na escola, a alfabetização ocorra por volta dos seis anos de idade no primeiro ano do ensino fundamental, para muitas crianças apenas esse primeiro ano não é suficiente para alfabetizá-las.

Consequentemente, esses alunos são os mais prejudicados nos anos seguintes, visto que a leitura é um instrumento essencial no aprendizado de outras matérias, como História, Geografia, Matemática e Ciências.

Portanto, para garantir que a alfabetização ocorra de forma eficaz, é necessário que os pais ajudem as crianças a desenvolver habilidades de linguagem oral, leitura e escrita antes mesmo delas irem para a escola.

Para isso, as práticas de Literacia Familiar são fundamental! Elas contribuem para o desenvolvimento dos Facilitadores da Alfabetização, que são essenciais para aprender a ler, a escrever e a calcular. 

Continue reading

Literacia familiar – o que é e quais são os benefícios?

A Literacia Familiar é um conjunto de práticas que permite a participação ativa de pais e responsáveis na educação escolar dos filhos, principalmente no período da primeira infância (entre 0 e 6 anos de idade). Seu foco é promover atividades simples e lúdicas de linguagem oral, leitura e escrita entre crianças e seus pais ou responsáveis.

Dessa forma, a Literacia Familiar reforça a parceria entre escola e família, reconhecendo que o lar deve ser a primeira escola de uma criança, enquanto os pais devem ser seus primeiros professores.

Contudo, na prática, a maioria desses pais não sabe como proceder dentro de casa para interagir, conversar, ler em voz alta com os filhos e estimulá-los a desenvolver a escuta, a fala, a leitura e a escrita. Inclusive, alguns ainda acreditam que essas práticas são exclusivas da escola. Por isso, neste artigo, vamos explicar o que é e como praticar a Literacia Familiar. Confira!

Continue reading