Língua Portuguesa e Literatura

Tag: ortoépia

Meteorologia ou Metereologia – qual a forma correta?

Meteorologia é a forma correta. Já a palavra metereologia não existe na língua portuguesa e por isso não deve ser utilizada. Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre esse termo e explicar por que muitas pessoas escrevem esse vocábulo incorretamente. Vejamos!

Classificação morfológica

Meteorologia é um substantivo feminino. O termo tem origem na palavra grega meteorología, que significa discussão sobre as coisas altas, pesquisa sobre as coisas celestes.

Em português, a palavra indica a ciência que estuda fenômenos atmosféricos.

ex: Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a semana deve ser de calor intenso seguido de pancadas de chuvas em área isoladas.

Formação da palavra

A palavra meteorologia é formada pelos elementos de composição meteoro-, que indica fenômenos atmosféricos, e -logia, que indica o estudo detalhado de alguma coisa, como ocorre em termos como biologia e etimologia, por exemplo.

O termo meteoro também dá origem a outros vocábulos, como meteorologista, meteorológico, meteoromancia e meteoromania.

Cacoepia

Quando escrevemos ou falamos a palavrametereologia, estamos indo contra a ortoépia, que é a correta pronúncia dos grupos fônicos. Esse tipo de erro é chamado de cacoepia.

No caso em análise, há um acréscimo indevido de um fonema, como ocorre também em casos como “freada e freiada” e “bandeja e bandeija”.

Gostou do texto? Então vale a pena assistir ao vídeo que fizemos sobre a diferença entre vultoso e vultuoso:

Ortoépia e prosódia – definição e exemplos

Ortoépia e prosódia são assuntos da gramática ligados à fonologia, à ortografia e à acentuação.

Provavelmente você já ouviu alguém falar “morTANdela”, “aDEvogado”, “menDINgo”, “RÚbrica”… Porém, todas essas escritas e pronúncias estão em desacordo com a norma culta da língua portuguesa, que as registra assim: “mortadela”, “advogado”, “mendigo”, “rubrica” (em negrito estão as sílabas tônicas).

Portanto, para todos que desejam falar e escrever corretamente as palavras, o estudo da ortoépia e da prosódia é essencial.

Continue reading