Língua Portuguesa e Literatura

Tag: paralelismo

De segunda a sexta x De segunda à sexta – tem crase?

Na indicação de intervalo de tempo, a forma correta é “de segunda a sexta“, sem crase. Neste artigo, vamos explicar melhor essa questão. Vejamos!

Definição – o que é crase?

A crase é a contração de duas vogais iguais, representada pelo acento grave. A contratação mais comum é a da preposição “a” com o artigo definido feminino “a”.

  • a + a = à.

Para que a crase ocorra, é preciso que a preposição “a” e o artigo definido feminino “a”, indicativo de uma palavra feminina, surjam simultaneamente.

Por que “de segunda a sexta” tem crase?

Na construção “de segunda a sexta”, não há um caso de crase, pois não ocorre a presença do artigo definido feminino “a”. 

Por uma questão de paralelismo, como só há a preposição “de” antes antes da palavra “segunda”, antes da palavra “sexta” só deve haver também a preposição “a”. Com isso, não existe possibilidade de contração.

Para entender melhor esse ponto, podemos substituir a palavra feminina “sexta” pela palavra masculina “sábado”. Isso deixará mais claro que não temos um caso de contração (“ao”), mas somente a presença da preposição, sem o uso do artigo definido masculino “o”:

  • De segunda a sexta;
  • De segunda a sábado.
Continue reading

O que é paralelismo?

Definição de paralelismo

Entenda como usar o paralelismo.

Pergunta do leitor: Pode utilizar a seguinte frase: “vou à praia, o cinema e a aula”? Ou necessariamente deverá ser escrito “vou à praia, ao cinema e à aula”  ou “vou a praia, cinema e aula”.

Resposta

Um fator que deve ser um ponto de atenção na hora de escrever é o chamado paralelismo. Esse é o nome que se dá ao uso de estruturas idênticas ou similares. Um texto bem construído deve prezar pelo paralelismo, como forma de obter uma estrutura coerente e coesa. Dito isso, vamos analisar  a dúvida do leitor.

CASO 1 – Vou à praia, o cinema e a aula.

Aqui encontramos uma quebra do paralelismo, mais especificamente, do paralelismo sintático.  O objeto indireto  deve sempre estar ligado ao verbo pela preposição. Isso se aplica também nos casos em que há mais de um objeto direto. Então, o mais correto seria:

ex: Vou à praia, ao cinema e à aula. Continue reading

Crase e paralelismo

O uso da crase deve respeitar o paralelismo.

O uso da crase deve respeitar o paralelismo.

Pergunta do leitor: Você pode explicar quando devemos repetir as preposições/conjunções/artigos quando vamos enumerar coisas? Ex. Vou à praça, feira e mercado.

Resposta:

No caso citado, você deve repetir o uso do artigo, pois você o usou na primeira menção.

Veja: Vou à (preposição “a” + artigo “a”), à feira e ao mercado.

Contudo, se você utilizar somente a preposição, não há a necessidade de repeti-la.

Veja: Vou a praça, feira e mercado.

O que é paralelismo sintático?

O paralelismo sintática é a correspondência de estruturas sintáticas. Ele indicada as ligações entre a funções sintáticas e morfológicas dos componentes das orações.

Esse processo visa criar uma simetria na frase, o que a torna mais coesa e coerente, facilitando a leitura do texto.

Para haver paralelismo, é importante que haja semelhanças entre as palavras, as frases e as ideias, de modo que eles possam ser comparadas entre si.

*

Gostou deste post? Aprofunde ainda mais seus conhecimentos com nosso guia completo da crase.