Língua Portuguesa, Literatura e Alfabetização

Tag: parônimos

Discordar x Descordar – quando usar cada termo?

Tanto discordar quanto descordar são palavras que existem na língua portuguesa. Elas, contudo, têm significados bem diferentes. Por isso, neste artigo, vamos mostrar quando e como utilizar cada uma. Vejamos!

Discordar

Discordar é um verbo que significa divergir, desconcordar, opor. A palavra vem do latim discordare. Vejamos alguns exemplos de uso desse termo:

  • Ele discordou de como aquele situação foi resolvida.
  • Meu irmão sempre discordava de mim quando éramos adolescente, mas hoje ele concorda com minha visão de mundo.
  • Para discordar de uma tese, é preciso antes entendê-la.

Ademais, é importante ressaltar que o verbo discordar pode ser transitivo indireto ou intransitivo.

No primeiro caso, ele tem o sentido de discrepar, de termo uma opinião oposta (discordar de alguém). No segundo, por sua vez, ele é utilizado no meio musical para indicar algo de que não soa bem, que desafina.

Continue reading

80 pares de parônimos e homônimos

A Língua Portuguesa tem algumas peculiaridades. Uma delas são as palavras que possuem grafias iguais ou parecidas, mas significados diferentes.

Há casos em que o sentido é até mesmo contrário. Esses casos são conhecidos como homônimos e parônimos. Vejamos mais detalhadamente esses conceitos.

Homônimos

Homônimos são palavras iguais com sentidos diferentes. Eles se dividem em três categorias:

  • Homônimos perfeitos: têm grafias e som iguais. Ex: manga (de camisa) e manga (fruto) ou bote (o bote da cobra) e bote (tipo de barco).
  • Homônimos homógrafos: têm a mesma grafia, mas a pronúncia é diferente. Ex: Ele (pronome) e Ele (letra ‘L’) ou almoço (refeição) e almoço (verbo: eu almoço).
  • Homônimos homófonos: têm a mesma pronúncia, mas a grafia é distinta. Ex: sessão (de cinema) e seção (departamento de loja) ou senso (bom senso) e censo (levantamento de dados).

Parônimos

Os parônimos, por sua vez, são palavras similares na grafia e/ou na pronúncia. Vejamos abaixo alguns exemplos:

  • Absolver (perdoar) e absorver (aspirar)
  • Apóstrofe (figura de linguagem) e apóstrofo (sinal gráfico)
  • Aprender (tomar conhecimento) e apreender (capturar)
Continue reading

Militância x Militança – qual a diferença?

Apesar de serem muito similares, as palavras militância e militança possuem significados diferentes. Neste artigo, vamos explicar a definição e quando usar cada uma delas. Vejamos!

Militância

Militância é um substantivo feminino, que denomina a atividade do militante. O termo indica a participação ativa na defesa de causas ou em organizações políticas.

ex1: Aquele partido tinha uma militância muito ativa.

ex2: Ultimamente tem surgido vários coletivos que atuam em diversas militâncias.

A palavra é formada por derivação sufixal: militar + -ância. Esse sufixo, de origem latina e de caráter nominal, exprime a ideia de ação ou de resultado de uma ação.

Continue reading

Intensão x Intenção – qual a diferença?

Qual a diferença entre 'intenção' e 'intenção'

Entenda a diferença entre as duas palavras

Existem na língua portuguesa palavras que são parônimas. Isso significa que elas possuem grafia ou som parecido, mas significado diferente. É o caso de ‘intensão’ e ‘intenção’. Trata-se de um exemplo de parônimos homófonos ( possuem a mesma pronúncia), mas que não são homógrafos (são escritos de maneira distinta).

De acordo com o Vocabulário da Língua Portuguesa (VOLP), que registra todas a palavras do nosso idioma, as duas palavras existem. Contudo, elas não podem ser utilizadas como sinônimas, não são intercambiáveis. Vamos ver a definição de cada uma.

Intenção

É um substantivo feminino. É sinônimo de disposição. Trata de algo que está planejado e que se deseja realizar. Vem do latim intentio.

ex: Ele atirou no ladrão com a intenção de matar.

Perceba que a ideia da frase é que houve um ato premeditado, que indica um intencionalidade.

Continue reading

Costumar x Acostumar

Costumar-x-acostumar

Apesar de serem muito parecidas e serem usadas (erroneamente) como sinônimas, as palavras costumar e acostumar possuem significados distintos. Pode-se dizer que elas descrevem partes de um mesmo processo, que é adquirir e conviver com um hábito. Vejamos!

Acostumar

Significa adquirir um hábito.

ex¹: Com o tempo, acostumei-me a caminhar todos os dias.

Perceba que aqui falamos de um processo que foi se consolidando no decorrer do tempo.

ex²: Não me acostumo a esse clima frio.

Observe que a frase fala sobre a recusa de desenvolver um hábito ou gosto.

Continue reading

Reveses x Revezes

Reveses-x-Revezes

Parônimos são palavras que têm grafia ou som igual ou similar, mas significados diferentes. Um exemplo é o par reveses e revezes. Nesse caso,  temos um caso de parônimos homófonos, ou seja, possuem pronúncia idêntica, mas são escritas de maneira distintas. Vejamos o significado de cada uma.

Reveses

Trata-se do plural de revés.

ex: Na vida, precisamos saber superar os reveses e seguir em frente.

Fonte: https://www.priberam.pt/dlpo/reveses

Fonte: https://www.priberam.pt/dlpo/reveses

Continue reading

Censo x Senso

Censo e senso

Censo e senso não são sinônimos

Os parônimos são palavras que têm grafia similar, mas significados distintos. É o caso dos vocábulos censo e senso.

Censo – levantamento estatístico;

Ex: O censo mostra um aumento do número de mulheres chefiando famílias.

Continue reading

Sessão, seção, cessão, ceção, secção – qual a diferença e quando usar?

sessão-seção-cessão

As palavras cessão, sessão, seção, ceção e secção são homônimas homófonas. Isso significa que elas possuem grafias e significados diferentes, mas são pronunciadas praticamente da mesma maneira. Neste artigo, vamos explicar quando usar cada uma delas. Vejamos!

Sessão

A palavra sessão é um substantivo feminino que indica uma reunião, um espaço de tempo, um encontro.

ex1: Joana saiu melhor da sessão de terapia.

ex2: Vamos assistir ao filme na sessão das 10h.

O termo vem do latim sessio, que significa sentar-se.

Continue reading

Vultuoso x Vultoso – quando utilizar cada um?

Entenda a diferença entre vultoso e vultuoso.

Tanto vultoso quanto vultuoso são palavras que existem na Língua Portuguesa. Elas, contudo, possuem significados distintos. Neste artigo, vamos mostrar a definição e quando usar cada um desses termos. Vejamos!

Vultoso

O adjetivo vultoso indica, segundo o dicionário Aulete, algo que tem grande vulto ou volume ou que é encontrado em grandes proporções.

ex1: O político foi pego com vultosas quantias de dinheiro na mala.

ex2: Aquele empresário tinha negócios vultosos.

O termo é formado por derivação sufixal: o substantivo vulto + o sufixo -oso, que é utilizado para expressar abundância.

Continue reading

© 2022 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑