Afinal de contas, o correto é teletrabalho ou tele-trabalho? Tem ou não tem hífen? Neste artigo, vamos acabar com essa dúvida. Vejamos!

Reforma Ortográfica

Com o Acordo Ortográfico, só devemos usar o hífen com o prefixo “tele” quando ele estiver acompanhado de palavras iniciadas com as letras “e” e “h”.

Ex: Tele-entrega, tele-educação, tele-hamburger.

Nos demais casos, não se usa o hífen. É exatamente esse o caso do substantivo compostoteletrabalho“. Nessa situação, a prefixo se acopla ao vocábulo seguinte.

Ex: Em tempos de isolamento social, muitas pessoas fazem teletrabalho.

Outros casos que se encaixam nesta regra: telepizza, teleconferência, telecomunicação, entre outros.

Vale ressaltar que, quando a segunda palavra começar com “r” ou “s”, essas letras devem ser dobradas.

Ex: telesserviço e telerreserva.

Significado

De acordo com o dicionário Priberam, a palavra teletrabalho indica “a atividade profissional realizada fora do espaço físico da entidade empregadora, com auxílio de tecnologias de comunicação à distância e de transmissão de dados”.

No âmbito da legislação, a Reforma Trabalhista (Lei 13.467/2017) alterou a Consolidação das Normas do Trabalho (CLT) e trouxe o seguinte conceito de teletrabalho: “a prestação de serviços preponderantemente fora das dependências do empregador, com a utilização de tecnologias de informação e de comunicação que, por sua natureza, não se constituam como trabalho externo”.

Gostou do texto? Então, vale a pena ver o vídeo em que falamos se o correto é sociocultural ou sócio-cultural:

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .