A tipologia textual trata das diferentes formas de organização e apresentação linguística de um texto. Também conhecido apenas como tipo textual ou ainda modo de organização do discurso e modo textual, esse tipo de classificação de um texto se dá por meio dos seus aspectos sintáticos, dos tempos verbais empregados, das relações lógicas, do objetivo comunicativo, etc. 

Existem cinco categorias de texto dentro da tipologia textual:

  1. Texto narrativo;
  2. Texto descritivo;
  3. Texto dissertativo (informativo ou argumentativo);
  4. Texto injuntivo;
  5. Texto dialogal.

Neste artigo, vamos falar sobre cada uma delas e trazer exemplos. Vejamos!

Texto narrativo

O texto narrativo é aquele em que um narrador relata fatos – fictícios ou não – que ocorreram com certos personagens num determinado tempo e lugar. Além disso, apresenta um enredo com uma sequência lógica, que pode ser linear ou não.

Características principais:

– Texto em verso ou prosa;

– Narrador em 1ª ou 3ª pessoa;

– Presença de personagens;

– Enredo com uma sucessão de fatos que chegam a um conflito (clímax) o qual se desenvolve do meio para o final da história;

– Tempo cronológico (acontecimentos marcados pelas horas, dias e anos) ou tempo psicológico (lembranças e vivências das personagens);

– Predominam verbos de ação no pretérito;

– Pode apresentar discurso direto, indireto ou indireto livre.

Exemplos de gêneros textuais desta tipologia:

– Romance

– Novela

– Crônica

– Conto

– Conto de fada

– Fábula

– Lenda

– Piada

– Parábola

– Epístola

– Epopeia

Texto descritivo

O texto descritivo apresenta uma série de características de um indivíduo, de um objeto, de um lugar, de um animal, de um pensamento, de um sentimento, etc. Seu objetivo é permitir que o leitor (ou ouvinte) consiga construir da forma mais detalhada possível a imagem daquilo que é descrito.

Características principais:

– Rico em adjetivos ou expressões qualificativas;

– Descrição objetiva ou subjetiva;

– Noção temporal estática;

– Predominam verbos de ligação;

– Geralmente está em um texto narrativo.

Exemplos de gêneros textuais desta tipologia:

– Cardápios

– Currículos

– Manuais

– Relatos

– Relatórios

– Notícias

– Tutoriais

– Listas

– Legendas

– Anúncios

– Propagandas

– Biografia e autobiografia

Texto injuntivo

O texto injuntivo dá comandos em forma de aconselhamento, instrução ou imposição para que o interlocutor possa tomar determinadas atitudes. No âmbito jurídico, é utilizado para ditar acontecimentos e comportamentos por meio das leis.

Características principais:

– Geralmente apresenta frases curtas e objetivas e perguntas reflexivas;

– Ordenação seriada das informações;

– Predominam verbos no imperativo;

– Predominam verbos e pronomes de 2ª pessoa ou 1ª pessoa do plural.

Exemplos de gêneros textuais desta tipologia:

– Leis

– Guias

– Tutoriais

– Regulamentos

– Propagandas

– Manual de instruções

– Livros de autoajuda

– Bula de remédio

– Receita culinária

Texto dissertativo

O texto dissertativo apresenta fatos, opiniões ou pensamentos sobre um assunto específico. Esta tipologia textual se divide em: dissertação expositiva e dissertação argumentativa.

Características principais:

a) Dissertação expositiva:

– Não é persuasiva, mas, sim, informativa e explicativa;

– Estrutura constituída por introdução, desenvolvimento e conclusão;

– Predominam verbos no presente e na terceira pessoa;

– Linguagem objetiva, clara e imparcial.

Exemplos de gêneros textuais desta tipologia:

– Notícias

– Reportagens

– Seminários

– Resenhas

– Artigos científicos

– Verbetes de dicionário

b) Dissertação argumentativa:

– Linguagem persuasiva, culta, clara e objetiva;

– Na estrutura, a introdução apresenta a tese, o desenvolvimento apresenta as estratégias argumentativas e a conclusão apresenta uma sugestão/solução;

– Pode apresentar verbos na 1ª ou na 3ª pessoa, a depender do gênero textual;

– Predominam verbos no presente do indicativo e no futuro do presente.

Exemplos de gêneros textuais desta tipologia:

– Artigos de opinião

– Carta do leitor

– Resenhas

– Discursos de defesa ou acusação

– Redação do Enem, de concursos e vestibulares

Texto dialogal

O texto dialogal apresenta uma conversa entre, no mínimo, dois locutores. A diferença dessa tipologia para a narração é que nem sempre há narrador no texto dialogal, e quando há, sua função é apenas apresentar o diálogo que ocorrerá em primeira pessoa. 

Características principais:

– Marcas de oralidade;

– Predominam verbos na primeira pessoa do singular;

– Discurso direto: uso de verbos elocutivos e dois-pontos para sinalizar o início de uma fala e travessões ou aspas para marcá-las.

Exemplos de gêneros textuais desta tipologia:

– Entrevistas

– Debates

– Peças de teatro

– Bate-papo em aplicativos e sites

Tipologia textual x gênero textual

Tipologia textual e gênero textual são modos de classificar um texto e fazem referência a aspectos distintos.

De modo geral, podemos dizer que a tipologia trata da estrutura linguística de um texto, preocupando-se com a organização do discurso e seus aspectos morfossintáticos. Por outro lado, o gênero textual trata do formato em que esse texto será apresentado e qual será a sua função social.

*

Gostou do artigo? Então, vale a pena ler também: