Vírgula e mudança de sentido são duas questões que caminham lado a lado, pois o uso do sinal gráfico pode modificar completamente a forma de interpretar a mesma frase. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo!

Vírgula e mudança de sentido: exemplos 

Veja a seguir alguns exemplos em que o uso da vírgula implica mudança de sentido nas mesmas orações.

Sem vírgula

Observe as frases abaixo e veja como a ausência da vírgula deixa a mensagem ambígua.

  • Quero muito ir comer gente!
  • Não pode ir na casa deles.
  • Deixei bolo na geladeira para ela não para ele.
  • Guardei isso para você não se esqueça!

Com vírgula

Confira abaixo as mesmas orações reescritas, com a vírgula devidamente empregada. 

  • Quero muito ir comer, gente!
  • Não, pode ir na casa deles.
  • Deixei bolo na geladeira para ela, não para ele.
  • Guardei isso para você, não se esqueça!

Note que, nos exemplos acima, a inserção da vírgula possibilitou o correto entendimento da mensagem transmitida.

Entretanto, é importante destacar que a falta do sinal gráfico nem sempre tornará a frase errada, mas sempre irá alterar o contexto. Portanto, a utilização é recomendada.

Uso incorreto x uso correto

Não basta apenas utilizar a vírgula, é necessário saber onde a inserir para não gerar desconforto e interpretação errônea. 

Veja a seguir alguns exemplos de uso incorreto e correto da vírgula.

  • Não tenha pena de mim, eu mereço.
  • Respeite a minha vida não, fale sobre o que não sabe.
  • Ligue para isso. não gosto de você.
  • Estou vendendo meu filho, não uso mais. 

Nas frases acima, a vírgula foi colocada de maneira inadequada, causando uma perspectiva diferente da intenção da mensagem.

Por esse motivo, a relação entre a vírgula e a mudança de sentido deve ser observada constantemente. 

Com o emprego correto da pontuação, temos:

  • Não, tenha pena de mim, eu mereço.
  • Respeite a minha vida, não fale sobre o que não sabe.
  • Ligue para isso não, gosto de você.
  • Estou vendendo, meu filho, não uso mais. 

Todo cuidado é pouco na hora de pontuar um texto. É preciso prestar atenção não somente nas regras gramaticais, mas no contexto geral, identificando qual a mensagem que queremos transmitir. 

Dessa forma, o estudo do uso da vírgula deve ser periódico, a fim de evitar frases mal pontuadas e compreensão errada de um discurso. 

*

Quer aprofundar seus conhecimentos na língua portuguesa? Então, continue seus estudos com o Guia Completo da Vírgula!