O ponto de interrogação é um sinal utilizado, em geral, para indicar pergunta direta ( ex: Você foi à festa ontem?). Além dessa função mais conhecida, há outras quatro. É disso que vamos falar neste artigo. Vejamos!

1) Indicar incerteza

Nesse caso, o ponto de interrogação vem entre parênteses. A ideia é expressar dúvida sobre o que está sendo dito.

ex: Eu usei o termo estacionário (?), mas acho que poderia usar uma palavra melhor naquele contexto.

2) Expressar admiração ou surpresa

Nessa situação, ele é utilizado junto com o ponto de exclamação.

Ex: Ele realmente disse isso!?

Ex: Você acredita?!

OBS: Não há uma ordem específica entre as duas pontuações. Você pode usar tanto o ponto de interrogação antes, quanto depois do ponto de exclamação.

3) Fazer uma interrogação retórica

Como explica o professor Fernando Pestana, a interrogação retórica é uma sentença que tem forma de pergunta, mas que na verdade expressa uma afirmação ou gera uma reflexão.

Ex: Vamos mesmo esperar o fim do mundo para protegermos a natureza?

4) Representar uma interjeição

Na interjeição, o ponto de interrogação pode ser utilizado de forma repetida.

Ex: Que??? Não acredito que ele disse algo assim.

Frase interrogativa direta x Indireta

As frases interrogativas são divididas em diretas e indiretas. O primeiro grupo é representado pelas sentenças que terminam com o ponto de interrogação:

Ex: Você fez o trabalho?

Já as interrogativas indiretas tem forma de afirmação, mas espírito de questionamento. Nesses casos, não se usa o sinal de interrogação:

Ex: Eu gostaria de saber se você fez o trabalho.

Origem do ponto de interrogação

De acordo com E. C. Brewer em seu Dictionary of Phrase and Fable, o ponto de interrogação surgiu do palavra quaestio (que significa “questão” em Latim).

Antigamente, esse termo era colocado no final das frases interrogativas para indicar que se tratava de uma pergunta. Com o tempo, ele foi sendo abreviado, até sobrar somente a letra “q”.

Com o uso, a grafia da letra foi sendo alterada até chegarmos ao formato do sinal que conhecemos atualmente (?).

Gostou do texto? Então, assista ao vídeo que fizemos com três dicas para melhorar seu texto imediatamente:

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .