Por Pedro Valadares

Tag: pronome oblíquo

Guia do pronome: relativo, indefinido, reto, oblíquo, adjetivo e substantivo

Pronome

Os pronomes são termos que substituem ou acompanham um substantivo. No primeiro caso, eles são chamados de pronomes substantivos; no segundo, de pronomes adjetivos. Veja o exemplo abaixo:

ex: Paulo saiu de casa hoje cedo. Ele esqueceu sua chave em cima da mesa.

O pronome ele é substantivo, pois substitui Paulo. Já o pronome seu é adjetivo, porque acompanha o substantivo chave.

Os pronomes ainda podem ter outras classificações. Vejamos algumas abaixo:

1) Pronomes relativos

Utilizados para retomar substantivo citado anteriormente e introduzir uma oração adjetiva.

Pronomes relativos: o que são?

2) Pronomes pessoais

Pronomes pessoais são aqueles que tomam o lugar dos substantivos que representam as pessoas do discurso. Eles se dividem em retos e oblíquos.

Pronome do caso reto x pronome do caso oblíquo

Continue reading

EU e MIM – como usar um e outro?

Eu-x-mimQuem nunca sofreu (ouvindo ou falando) falando mim no lugar de eu? Esse é um dos equívocos mais comum na língua portuguesa. Então, vamos desfazer essa confusão.

REGRA: Pronome oblíquo não conjuga verbo. Ou seja, mim não faz coisa alguma.

DICA¹: Fique de olha nos verbos no infinitivo, aqueles terminados em -ar, -er, -ir, -or.

ex: Para eu fazer. (CERTO)

Para mim fazer.  (ERRADO)

DICA²: Mim sempre virá depois do verbo.

ex: Ele trouxe um presente para mim.

Continue reading

Te x lhe – você, tu e o uso do pronome oblíquo

TE-x-LHE

Pergunta do leitor: Quando utilizar ‘te’ e ‘lhe’?

TE x LHE

É mais comum do que parece a confusão entre os pronomes pessoais do caso reto (eu, tu, ele, nós, vós, eles) e seus correspondentes oblíquos (o,a, te, lhe, vos, os, as).

Vemos frases como: “Ontem encontrei com você e te convidei para jantar”.

“Você” é um pronome de 3º pessoa e “te” de 2ª pessoa.

Logo, a frase anterior deveria ser reescrita das seguintes maneiras:

“Ontem encontrei contigo e te convidei para jantar”.

Ou

“Ontem encontrei você e o convidei para jantar”.

OBS: Na frase acima, não caberia o uso do “lhe”.

“Ontem encontrei você e lhe convidei para jantar”.

O pronome “lhe” substitui termos reposicionados.

Ex: Entreguei a você o dinheiro => Entreguei-lhe o dinheiro.

Gostou do artigo? Então, vale a pena assistir ao vídeo no qual falamos substituição gramatical:

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um nova página do site) .

Macete de menino

Existe um macete muito simples para descobrir a função do pronome oblíquo, aquele que, na sentença, exerce a função de complemento verbal, ou seja, objeto direto ou objeto indireto.

O menino

Basta substituí-lo pela expressão “o menino” e, então, analisar a função sintática.

Ex.: A mamãe maltratava-o muito.

Substituindo: A mãe maltratava o menino muito.

Quem maltrata, maltrata alguém, ou seja, “maltratar” é verbo transitivo direto, pede um objeto direto.

Conclusão, o pronome oblíquo “o” tem função de objeto direto!

Fácil, né?

Gostou do texto? Então, vale a pena assistir ao vídeo que fizemos sobre a pronúncia correta da palavra RUBRICA:

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
http://eepurl.com/b5exUr

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo” (link para um nova página do site) .