uso do hífen

A palavra tem ou não tem hífen?

Com a reforma ortográfica, houve algumas mudanças com relação ao hífen. Porém, em muitos casos, a regra continua a mesma. É o caso dos vocábulos formados com o prefixo recém. Vejamos!

PAUSA: Recomendo que, antes de ler este texto, você dê uma olhada no outro que fizemos sobre as principais mudanças que a reforma ortográfica trouxe sobre o uso do hífen. Leia e volte para terminar este artigo. Você com certeza vai ter uma compreensão mais completa.

Regra

Os prefixos oxítonos terminados em “em” que são acentuados sempre são ligados ao termo seguinte pelo hífen.

ex: Além-mar, recém-nascido, aquém-fronteiras.

Lembrando:

OXÍTONA – Sílaba tônica é a última da palavra.
ex: picolé, chulé, chaminé.

PAROXÍTONA – Sílaba tônica é a penúltima da palavra,
ex: caráter, difícil, médio.

PROPAROXÍTONA – Sílaba tônica é a antepenúltima da palavra.
ex: oxítona, médico, penúltima.

Atenção

Perceba que o hífen é utilizado independentemente da letra inicial da segunda palavra. Esse ponto não foi alterado pelo Acordo Ortográfico.

ex¹: O recém-empossado presidente Donald Trump tem causado bastante controvérsia.

ex²: O recém-morto poeta Ferreira Gullar recebeu várias homenagens.

***

Matricule-se agora no nosso curso “Português para produtores de conteúdo”   – http://onovomercado.com.br/cursos/portugues

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
– http://clubedoportugues.com.br/clube/

Compartilhe este texto: